15/10/19
 
 
Cinco homens queimados vivos em Moçambique

Cinco homens queimados vivos em Moçambique

Dreamstime Jornal i 20/09/2019 12:17

As vítimas eram suspeita de tráfico de órgãos.

Residentes da província de Niassa, a norte de Moçambique, queimaram cinco homens que trabalhavam para a Gems Group, uma empresa mineira. As vítimas, um segurança e quatro trabalhadores, foram atacados no acampamento onde se encontravam. Segundo o porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), Alves Mate, os populares estavam “enfurecidos” e o ataque aconteceu pelas 10h00. As autoridades acrescentaram ainda que as vítimas foram agredidas, antes de serem queimadas vivas.

A investigação está a decorrer no sentido de recolher mais informações acerca do ataque, mas a polícia já deteve dois homens. O incidente foi justificado pela população devido ao facto de os cinco homens serem, alegadamente, traficantes de órgãos humanos e autores de furtos.

Alves Mate acrescentou ainda que os casos de linchamento têm sido frequentes”, estando presentes, em alguns dos casos, crianças, que encaram o crime como uma normal social.

A prática de agressões organizadas tem sido combatida pela polícia moçambicana através de campanhas de sensibilização.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×