14/10/19
 
 
Homem esfaqueou mortalmente ex-mulher à frente do Tribunal de Braga

Homem esfaqueou mortalmente ex-mulher à frente do Tribunal de Braga

jornal i 19/09/2019 10:07

A mulher ainda tentou fugir do ex-marido.

Um homem matou a ex-mulher à facada, em frente ao Tribunal de Braga, ao princípio da noite desta quarta-feira, depois de uma acesa discussão, já que o homicida confesso não se conformava com a separação, tendo-se entregado logo a seguir na 2ª Esquadra da PSP. 

A vítima, de 46 anos, que tinha três filhos, dois dos quais eram menores, residia agora num edifício em Santa Tecla, na cidade de Braga, fugindo ainda do ex-marido, que na perseguição a agarrou num relvado, desferindo-lhe várias facadas, que causaram a morte.

Uma equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do INEM, que se deslocou desde o Hospital Central de Braga, não conseguiu reverter a situação de agonia da vítima, tendo declarado o óbito no local, enquanto o suspeito colaborou com a Polícia de Segurança Pública, entregando a arma do crime, dialogado ainda com inspetores da PJ de Braga, que enviou ao local também peritos para recolha de vestígios da cena do crime.

O arguido vai ser esta quinta-feira apresentado ao juiz de instrução criminal da Comarca de Braga, para o primeiro interrogatório, a fim de serem aplicadas as medidas de coação, enquanto o cadáver foi já removido para o Gabinete Médico-Legal e Forense do Cávado, em Braga, pela Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga, para ser hoje autopsiado.

A PSP, além de atuar rapidamente e bem, teve igualmente que afastar os mirones, já que com os telemóveis tentavam aproximar-se do local do crime, a Praça da Justiça, para de qualquer maneira fotografar ou filmar o caso, mas os agentes da Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial do Comando Distrital da PSP de Braga nunca sequer o permitiram.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×