21/10/19
 
 
Cadastrado detido pela PJ por violar e matar freira

Cadastrado detido pela PJ por violar e matar freira

Jornal i 09/09/2019 12:50

Mulher foi encontrada na cama do ex-recluso

Um cadastrado foi detido pela Polícia Judiciária, por estrangular e violar uma freira muito famosa, este domingo, em São João da Madeira, na zona norte do distrito de Aveiro.

A Brigada de Homicídios da Diretoria do Norte da PJ deteve no próprio domingo, fora de flagrante delito, o cadastrado, de 44 anos pela prática do crime de homicídio qualificado, de que foi vítima uma freira de 61 anos de idade, Antónia Guerra de Pinho, conhecida por “Tona”.

“Os factos ocorreram durante a manhã deste domingo na cidade de São João da Madeira, quando o detido, após ter conseguido atrair a vítima até ao interior da sua habitação, com o pretexto de lhe oferecer um café por esta o ter transportado na sua viatura até ali, tendo referido então à religiosa que com ela queria manter relações sexuais, o que foi recusado”, segundo adiantou a Polícia Judiciária ao princípio da tarde desta segunda-feira.

“Seguidamente, perseguindo a sua intenção, o detido recorreu à força física aplicando à senhora, ao que tudo indica, um golpe de estrangulamento denominado ‘mata-leão’ que terá sido a causa da morte”.

Ainda segundo as investigações criminais da Polícia Judiciária, o cadastrado, por crimes de tráfico de estupefacientes, violação e sequestro, “posteriormente deitou-a sobre a cama e terá mantido relações sexuais”, ao que tudo indica, com a vítima em situação de agonia e, entretanto, já morta.

O detido, toxicodependente e desempregado, com 44 anos e antecedentes criminais, será presente à autoridade judiciária competente para realizar o primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×