18/10/19
 
 
Incêndios em Aveiro obrigam ao corte da A1, A25 e IC2

Incêndios em Aveiro obrigam ao corte da A1, A25 e IC2

jornal i 06/09/2019 09:57

Mais de 700 operacionais estão a lutar contra as chamas,

O distrito de Aveiro continua numa situação complicada esta manhã. Depois de alguns focos de incêndios terem sido controlados a noite passado, a situação voltou a complicar-se durante a madrugada, com três fogos, localizados a poucos quilómetros de distância uns dos outros, a permanecerem ativos. Mais de 700 operacionais estão a lutar contra as chamas, apoiados por mais de 200 veículos e cinco meios aéreos, segundo o site oficial da Proteção Civil. 

A Autoestrada do Norte (A1), A25 (Beiras Litoral e Alta), IC e Estrada Nacional 16.2 estão cortadas devido aos incêndios. De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro, estão cortadas a A1 (Albergaria - Aveiro Sul), a A25 (no nó de Angeja Carvoeiro) e Estrada Nacional 16.2 junto às localidades de Afilhó e Alquerubim.

O comandante dos Bombeiros, António Riberio disse que o combate às chamas durante a noite não foi fácil, visto os incêndios terem ameaçado algumas povoações. O incêndio em Albergaria-a-Velha , que teve inicio quinta de manhã, "atravessou o perímetro urbano" e a intensidade do vento dificultou a operação dos bombeiros, segundo declarações da mesma fonte à agência Lusa. Atualmente, encontram-se 278 operacionais no local, acompanhados por 83 veículos e quatro meios aéreos, sendo este o incêndio que está a mobilizar mais meios. 

Os incêndios de Águeda também estiveram próximos de casas durante a noite e permanecem ativo. No incêndio em Veiga, que teve inicio ontem às 16h21, estão 221 operacionais e 70 veículos e em Macinhata do Vouga, onde as chamas começaram a lavrar às 11h29 de quinta-feira, estão 126 operacionais, acompanhados por 39 veículos.

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×