23/10/20
 
 
Sporting numa roda-viva no último dia do mercado

Sporting numa roda-viva no último dia do mercado

Laura Ramires 03/09/2019 11:40

Em Portugal, o emblema de Alvalade foi o clube mais ativo no último dia do mercado. Lá fora, destaque para André Silva, que se junta a Gonçalo Paciência e Bas Dost, no Frankfurt, e ainda para o fim das novelas Neymar, Icardi, Navas ou Rafinha.

Está fechado o mercado de transferências, com o Sporting a ser, em Portugal, o clube mais ativo no último dia. O reino do leão esteve até aos últimos segundos a arrumar a casa, registando várias entradas e saídas nesta segunda-feira.

Destaque desde logo para Raphinha, garantido pelos franceses do Rennes, que publicaram ontem um vídeo onde é possível perceber a chegada do jogador. O extremo brasileiro despede-se depois de 41 jogos, e oito golos, e irá, de resto, permitir um encaixe de 20 milhões de euros para os cofres leoninos, números que o tornam ainda o reforço mais caro de sempre da equipa da Ligue 1.

Já devidamente oficializada estava a saída de Thierry Correia, com os leões a informarem que chegaram a acordo com o Valencia para a transferência a título definitivo do jogador num negócio que rende 12 milhões de euros ao clube de Alvalade. O lateral somou sete partidas pela equipa principal e tinha sido primeira opção esta época uma vez que Rosier e Ristovski se encontravam lesionados no arranque de temporada.

Também no lote dos jogadores transferidos entrou o extremo maliano Abdoulay Diaby, apresentado na noite de ontem como reforço dos turcos do Besiktas. O negócio passa por um empréstimo até ao final da temporada, com opção de compra do seu passe.

Em sentindo inverso, destaque para os nomes de Jesé Rodríguez e Yannick Bolasie, que pareciam ambos praticamente garantidos para reforçar a equipa treinada por Marcel Keizer.

O avançado espanhol, de 26 anos, aterrou na tarde de ontem em Lisboa e deverá chegar a título de empréstimo, com os leões a ficarem com opção de compra do jogador do PSG. Já Bolasie também chega por cedência, desta feita do Everton uma vez que o jogador contratado pelos toffees ao Crystal Palace, em 2016, a troco de 30 milhões de euros, nunca se impos no conjunto de Marco Silva. Aos 30 anos, o extremo chegará ao Sporting depois de na época passada ter sido emprestado por duas vezes – ao Aston Villa (21 jogos, dois golos) e, mais tarde, ao Anderlecht (17 jogos, seis golos).

Na lista dos confirmados estava já Fernando, extremo brasileiro, de 20 anos. O canarinho chega a Alvalade por empréstimo do Shakhtar Donetsk, de Luís Castro, depois de não ter sido utilizado em qualquer partida oficial. Já quando o clube ucraniano era comandado pelo português Fonseca, o brasileiro foi utilizado em 22 jogos oficiais, somando dois golos.

No Sporting, nota ainda para Bruno Fernandes, num momento em que a saída do capitão parecia ser já um não assunto. A verdade é que a imprensa internacional desportiva garantia que o português foi esperado esta segunda-feira pelo Real Madrid, na capital espanhola, numa alegada transferência de última hora.

 

Benfica e FC Porto sem novidades

Por sua vez, no Benfica não eram esperadas novidades e foi precisamente este o cenário que se confirmou. Depois de os encarnados terem desistido do ataque ao mercado na tentativa de contratar um guarda-redes – aumentando o salário a Vlachodimos, com que renovaram contrato até 2024 –, durante o dia de ontem a dúvida maior parecia ser a possível saída de Cervi para o Boca Juniors, que já conta com o ex-Benfica Salvio.

Além do emblema argentino também o Getafe estava interessado no jogador, por quem os encarnados exigiam um milhão de euros pela cedência, e 15 milhões pela compra.

Além deste impasse, uma referência para Martin Chrien e para Morato. As águias inscreveram o eslovaco, de 23 anos, que tem contrato com o clube até 2022, sendo que o médio deverá jogar na equipa B dos encarnados. Já o defesa central de 18 anos saiu do São Paulo sem nunca ter jogado pela equipa principal e assinou contrato até 2024, devendo também ele iniciar o seu percurso na B dos encarnados.

Já no FC Porto os últimos dois casos pendentes eram os nomes de Aboubakar e de Waris. O camaronês era bastante desejado pelo Besiktas, mas vai mesmo continuar de dragão ao peito, pelo menos por enquanto. Por sua vez, Waris era apontado ao Alavés (empréstimo) e ao Nantes (saída definitiva), que já tinham um pré-acordo com os portistas. O principal problema prendia-se assim no salário exigido pelo jogador, demasiado alto para o emblema francês. No que diz respeito a novas entradas já não parecia ser esperada qualquer novidade relâmpago.

 

André Silva e as principais novelas

Lá fora, destaque para André Silva, que se juntou a Gonçalo Paciência e Bas Dost no Eintracht Frankfurt. O jogador do AC Milan chega à Alemanha por empréstimo, ficando o Eintracht com uma opção de compra de 30 milhões de euros.

Nas principais novelas do mercado, tudo indicava para a permanência de Neymar no PSG, que recebeu na sede, ontem, Icardi, que também foi nas últimas semanas uma das principais incógnitas desta janela depois da saída do Inter.

Já anunciado no campeão francês está Keylor Navas, que assinou contrato válido para as próximas quatro temporadas.

O guarda-redes costa-riquenho deixa assim o Real Madrid, onde tinha chegado em 2014 depois de ter dado que falar no Mundial do Brasil.

Em Espanha, Rafinha (Barcelona), que também fez correr muita tinta durante esta janela, foi oficializado no Celta de Vigo num acordo que contempla uma opção de compra.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×