13/11/19
 
 
Portuguesa que se queixou do Brexit muda-se para a Escócia

Portuguesa que se queixou do Brexit muda-se para a Escócia

Twitter jornal i 30/08/2019 14:19

"Tenho medo de ir no autocarro agora, vou ter medo de andar no metro e de andar na rua", confessou.

A portuguesa cujo testemunho sobre o Brexit, durante um protesto, tem sido partilhado pelos media internacionais decidiu mudar-se para a Escócia por receio e medo das consequências das suas palavras. 

"Sou portuguesa e trabalhei aqui durante 20 anos e não tenho qualquer voz. O sistema de residência [para europeus] não está a funcionar. Dei a este país a minha juventude e estou muito grata pelo que me ensinaram. Mas têm de me incluir neste processo. Não posso ser simplesmente expulsa", declarou, visivelmente emocionada, esta quarta-feira à noite. 

Apesar de muitos terem apoiado as palavras da portuguesa, outros criticaram a sua atitude e acusaram-na de estar a exagerar a sua situação, chegando mesmo a questionar se estava a falar a verdade. "Tenho medo de ir no autocarro agora, vou ter medo de andar no metro e de andar na rua", confessou à agência Lusa. 

Ana Rocha diz ainda que o seu passado a assusta. Na sua opinião, o facto de ter estudado teatro não joga a seu favor neste caso. "Quando as pessoas descobrirem que faço teatro, vão dizer que é 'fake news'".

A portuguesa sublinha que todas as suas palavras são verdadade e que a interrupção da entrevista da Sky News foi espontânea e não planeada, como muitos acusam. "Sou uma pessoa muito sensível e aquilo aconteceu e se calhar foi a hora H, porque ressoou por aí. Sou portuguesa, tenho fado dentro mim, e encheu-se o saco. Estou mesmo triste porque eu vi a destruição de um país que eu amo e me ensinou imensas coisas. Dói muito ver esta sociedade destruída", explicou.

Quando falou com a Sky News, Ana Rocha falou sobre as dificuldades que teve ao obter o estatuto de residente britânico, um sistema de regularização migratório aberto pelo ministério do Interior britânico. Estas afirmações causaram desconfiança e fez com que muitos dos comentários ao vídeo fossem a apelidar a portuguesa de mentirosa.

Esta explicou que vai ter de iniciar o processo novamente, através do seu local trabalho, depois de terem ocorrido problemas com o seu número de segurança social e sublinha nunca ter mentido. "Disseram-me que não me estavam a encontrar no sistema, como se eu estivesse a mentir",queixou-se.

Ana Rocha diz não ter procurado fama nem atenção, no entanto, garante que agora não vai deixar de a aproveitar para alertar sobre o que se passa no Reino Unido e sobre a forma como os emigrantes estão a ser tratados. "Agora apetece-me falar. Estou farta de estar calada, de ir para o emprego e de estar calada, de ouvir insultos no autocarro e no metro e de toda a gente ter estas opiniões completamente disfuncionais sobre o que é que os imigrantes fizeram neste país", afirmou.

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×