19/11/19
 
 
Neymar. Últimos capítulos da novela: “Acordo está mais próximo”

Neymar. Últimos capítulos da novela: “Acordo está mais próximo”

Laura Ramires 29/08/2019 22:12

Internacional brasileiro está novamente mais perto de regressar ao Barcelona.

O relógio não dá descanso e faltam agora cinco dias para o futuro de Neymar ficar resolvido – a bem ou a mal. Com o mercado de transferências a fechar as portas no próximo dia 2 de setembro, o tempo para o Barcelona conseguir resgatar o jogador ao PSG é cada vez mais escasso.

Foram, de resto, várias as propostas que têm sido apresentadas ao emblema francês, que tem tem tornado as negociações intransigentes. O campeão da Ligue 1, que pagou, recorde-se, no verão de 2017, o valor recorde de 222 milhões de euros pelo extremo, não está disposto a sair a perder desta operação.

De tal forma que, desde que o jogador começou a mostrar vontade em regressar ao Camp Nou que o PSG fez questão de deixar um aviso ao mercado. Ora, contas feitas, informaram os dirigentes do clube, o internacional canarinho não constava na lista dos jogadores intransferíveis, contudo, para levar o jogador do Parque dos Príncipes, seria preciso deixar nos cofres do clube qualquer coisa como... 300 milhões de euros.

Naturalmente que a quantia astronómica exigida – que deixaria, aliás, o brasileiro com o duplo título de futebolista mais caro da história do futebol mundial –, obrigou os blaugrana a incluir jogadores como moeda de troca nesta operação.

Esta quarta-feira, os responsáveis pelo bicampeão espanhol terão viajado mais uma vez para Paris de modo a tentar encontrar uma plataforma de entendimento para chegar finalmente a acordo.

Javier Bordas, diretor do Barcelona, abriu mesmo o jogo sobre a possível transferência do craque brasileiro, admitindo a existência de negociações, mas garantindo que não havia ainda acordo.

“Ainda não há acordo algum. Estamos a negociar. Estamos mais próximo”, declarou o dirigente.

Ainda ontem, o Sport adiantou que está agora em cima da mesa uma oferta de 125 milhões de euros mais a cedência de Ousmane Dembélé e Ivan Rakitic. De acordo com a mesma publicação, a inclusão do médio croata na operação terá sido o fator decisivo para desbloquear a operação.

Quem também pretende ver este processo resolvido é Thomas Tuchel, treinador do PSG, que já deu até sinais de impaciência. “O objetivo é que isto acabe o quanto antes. Infelizmente ainda não foi hoje (domingo). Já é hora de ele voltar a jogar. Leonardo (diretor desportivo do PSG) sabe que quero ter esta situação resolvida e que o jogador fique, mas apenas depende dele. A situação não está clara e tem de passar a estar”, sublinhou o técnico alemão, após a vitória (4-0) ante o Toulouse, da ronda 3 da Ligue 1.

Com quatro jogos oficiais já disputados, Neymar continua sem somar nenhum minuto em 2019/20. Ao serviço do PSG, o avançado, de 27 anos, soma, até agora, 51 golos em 58 partidas.

Messi de fora mais um mês Neymar não é, porém, a única dor de cabeça para o Barcelona, que segue sem Messi entre o plantel. O argentino, ausente dos jogos desde que a nova época arrancou, ressentiu-se de uma lesão contraída durante um treino e não deverá entrar nas contas de Ernesto Valverde durante o próximo mês, avançou ontem a rádio espanhola RC1.

A confirmar-se mais um mês de paragem, o capitão dos blaugrana, de fora dos relvados desde a sua participação na Copa América, irá falhar os encontros da liga espanhola contra Osasuna, Valencia, Granada e Villarreal, assim como o primeiro da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Recorde-se que o atual bicampeão espanhol teve uma falsa partida na Liga, perdendo, em Bilbau, por 1-0, diante do Athletic. Já no passado fim de semana, o Braça somou a primeira vitória oficial em 2019/20 após golear, por 5-2, em casa, o Betis, de William Carvalho, em partida referente à segunda jornada da prova.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×