22/9/19
 
 
Vilamoura. Mário Machado pede para não entregarem homicida às autoridades

Vilamoura. Mário Machado pede para não entregarem homicida às autoridades

24/08/2019 17:05

Líder do movimento Nova Ordem Social, marcadamente de extrema-direita, exortou os seus seguidores a enviarem uma mensagem à página com o paradeiro do autor dos disparos que vitimou um jovem à porta da discoteca Lick

O homicídio do jovem Lucas Leote, de apenas 19 anos, na madrugada de sexta-feira à porta da discoteca Lick, em Vilamoura, está a provocar uma onda de indignação nas redes sociais. A nível individual, mas também no que respeita a organizações coletivas, como é o caso da Nova Ordem Social, movimento de extrema-direita liderado por Mário Machado que deixou uma mensagem sugestiva na sua conta no Twitter.

"Procura-se assassino! Não o entreguem às autoridades, se souberem do seu paradeiro enviem-nos mensagem privada", escreveu o organismo, numa publicação cuja imagem é a do alegado suspeito do assassinato (de raça negra) e que vem acompanhada da notícia original do "Correio da Manhã" sobre o triste episódio ocorrido na noite algarvia. Como seria expectável, nos comentários ao tweet surgem várias declarações racistas, xenófobas e de incitamento à violência ou à "justiça pelas próprias mãos" em relação ao alegado homicida.

Lucas Leote residia em Albufeira e pertencia ao staff do estabelecimento noturno Lick. Tudo indica que terá sido atingido de forma fortuita: de acordo com o "Correio da Manhã", o autor do crime terá sido impedido de entrar no espaço, acabando por voltar mais tarde ao local munido de uma arma e disparando vários tiros - três a quatro deles acertaram no jovem, que ainda foi transportado para o Hospital de Faro em estado crítico mas acabaria por não resistir aos ferimentos. O motociclo utilizado pelo autor dos disparos foi entretanto localizado e apreendido pela GNR, mas o suspeito ainda está em fuga".

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×