22/9/19
 
 
SLB-FCP. Acender a Luz para o primeiro clássico da nova época

SLB-FCP. Acender a Luz para o primeiro clássico da nova época

AFP Laura Ramires 23/08/2019 21:28

Bruno Lage tenta defender percurso notável na Liga e aumentar, ainda mais, o fosso para o dragão, que promete, por sua vez, acionar o botão de alarme em caso de derrota.

Está à porta o primeiro FC Porto-Benfica da época 2019/20, em jogo a contar para a terceira jornada da Liga portuguesa. Um clássico que assume naturalmente contornos mais relevantes, num momento em que os dois clubes são apontados como os principais candidatos ao título. Ainda assim, é de notar o momento diametralmente oposto que as duas equipas atravessam. O adeus do dragão à Champions criou inevitavelmente um fosso para os encarnados, desde logo pelos quase 45 milhões de euros que desperdiçou (caso conseguisse confirmar a presença na fase de grupos da prova milionária). Uma eliminação que chegou, de resto, depois da grande primeira surpresa da época para a equipa de Sérgio Conceição, que saiu derrotado, por 2-1, de Barcelos, diante do recém-promovido ao primeiro escalão Gil Vicente.

Já o Benfica, agora única equipa portuguesa com presença assegurada na fase final da Liga dos milhões, soma e segue neste início de temporada, com um registo 100% vitorioso.

Aliás, esta tem mesmo sido a imagem de marca de Bruno Lage no campeonato português desde que assumiu o comando técnico do clube da Luz. O treinador segue com um percurso praticamente imaculado, uma vez que soma 20 vitórias e apenas um empate nos 21 encontros que disputou até agora na competição. Basicamente, as águias só derraparam por uma vez, no empate a duas bolas no encontro que marcou a receção ao Belenenses SAD, na época passada, na jornada 25.

Os três clássicos da época 2018/19. A segunda volta perfeita que as águias realizaram na época 2018/19 foi, aliás, o que permitiu que o Benfica recuperasse de sete pontos de desvantagem para o então campeão FC Porto, alcançando a reconquista, que já era, aos olhos de muitos, considerada uma missão impossível. Entre estas partidas, destacou-se precisamente o clássico, disputado no Estádio do Dragão, que os encarnados venceram (2-1), com uma reviravolta, na 24.ª ronda da I Liga. Este foi, de resto, o terceiro e último clássico da época transata entre FC Porto e Benfica.

Ainda com Rui Vitória, no estádio da Luz, o Benfica também saiu vencedor, com um triunfo por 1-0, valendo, à data, na jornada 7, o golo solitário do avançado suíço Haris Seferovic.

Dragão e águia cruzaram caminho numa outra ocasião, desta feita para a Taça da Liga, em que o FC Porto conseguiu impor-se (3-1), marcando presença na final, que perdeu para o Sporting.

Com o Benfica à procura do quarto triunfo consecutivo, uma vitória encarnada tornaria ainda mais evidente o fosso que o clube da Luz está a cavar para os restantes dois principais clubes da liga portuguesa, FC Porto e Sporting.

Por outro lado, para Sérgio Conceição, este duelo é considerado uma prova de fogo, que poderá até colocar em causa a sua continuidade no clube. De notar que depois da derrota do dragão diante do Krasnodar, na segunda mão da terceira pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, o técnico dos azuis-e-brancos chegou a colocar o seu lugar à disposição, merecendo entretanto a confiança do presidente Pinto da Costa.

Ainda assim, a margem de erro parece agora estar abaixo de zero para o técnico que em 2017/18 conduziu os azuis-e-brancos ao título, depois de um jejum de quatro anos, impedindo ainda que os encarnados lograssem um inédito pentacampeonato, até agora só conquistado pelo FC Porto.

Diferença mínima, mas dragões por cima. O clássico deste sábado será, de resto, o jogo 242 entre Benfica e FC Porto, entre todas as competições (Campeonato, Taça de Portugal, Taça da Liga, Supertaça e Campeonato de Portugal). Contas feitas, o dragão leva a melhor, com 93 vitórias, contra 88 dos encarnados – registaram-se ainda 60 empates.

Já no que diz respeito aos encontros da Liga portuguesa, o dragão regista mais nove triunfos (66-57).

Venha o clássico.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×