19/9/19
 
 
Governo confirma que português ficou ferido na queda do raio na Polónia que matou quatro pessoas

Governo confirma que português ficou ferido na queda do raio na Polónia que matou quatro pessoas

Mafalda Gomes Jornal i 23/08/2019 13:55

Duas das vítimas mortais são crianças, raio fez mais de cem feridos

Um cidadão português ficou ferido na queda de um raio que atingiu um grupo de turistas nos montes Tatra, no Sul da Polónia, esta quinta-feira.

O incidente matou quatro pessoas, incluindo duas crianças, e feriu mais de cem. A informação de um português entre os feridos foi confirmada por fonte da Secretaria de Estado das Comunidades ao Público.

“Segundo informações obtidas pela Embaixada de Portugal em Varsóvia junto das autoridades polacas, o cidadão ficou ferido sem gravidade e deverá ter alta ainda hoje do hospital de Zakopane”, adiantou a fonte, acrescentando que a “ocorrência continuará a ser acompanhada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, através da embaixada”.

O cume do monte Giewont atingido pelo raio tem uma cruz de ferro de 15 metros. Segundo a agência de notícias polaca, que citou o chefe dos serviços de emergência no local, as pessoas caíram após a queda do raio. “A corrente continuou então pelas correntes usadas para facilitar a subida, atingindo toda a gente no caminho”, explicou o responsável.

O dia tinha amanhecido soalheiro e a tempestade apanhou de surpresa os turistas que estavam no local. O primeiro-ministro polaco, Mateusz Morawiecki, sublinhou após o incidente que “ninguém esperava uma tempestade tão súbita e do nosso ponto de vista humano é algo que era impossível de prever”.

A tempestade fez mais vítimas noutras partes daquela cordilheira, havendo outras pessoas feridas e tendo-se registado outra morte na vizinha Eslováquia, para onde se estendem as montanhas a sul da Polónia.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×