16/9/19
 
 
39 migrantes resgatados por militares da GNR no mar Egeu

39 migrantes resgatados por militares da GNR no mar Egeu

João Porfírio Jornal i 21/08/2019 16:49

Os migrantes encontravam-se numa embarcação de borracha e apresentavam sinais de desidratação.

Um grupo de militares destacados na ilha de Samos, na Grécia, no âmbito de uma missão da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX) resgatou 39 migrantes, na madrugada desta quarta-feira, junto de Agathonisi, uma pequena ilha próxima de Samos. No decorrer do patrulhamento, os agentes que se encontravam na embarcação da GNR "receberam um alerta para uma situação de busca e salvamento, tendo sido indicada uma localização muito próxima de Agathonisi" como é possível ler num comunicado enviado às redações, onde também foi avançado que a embarcação era constituída por borracha, tinha cerca de oito metros, e nela seguiam 16 crianças (dois bebés de colo), oito mulheres e 15 homens.

A prioridade foi dada aos menores, no início do resgate, sendo que foi prestado de imediato apoio ao nível da distribuição de águas e produtos alimentares na medida em que os migrantes "apresentavam sinais visíveis de desidratação". No final da ação, os migrantes foram transportados para o Porto de Agathonisi e entregues às autoridades do país. Sublinhe-se que a FRONTEX desenvolve ações em fronteiras terrestres e marítimas de países como a Itália, a Lituânia ou a Macedónia, tendo como objetivos primordiais a vigilância marítima, a vigilância terrestre, o apoio ao controlo das fronteiras através de recursos como binómios cinotécnicos e veículos todo-o-terreno e a investigação criminal com recolha de impressões digitais e registo de migrantes.

Neste ano, a GNR realizou 577 patrulhas correspondentes a mais de 4000 horas de trabalho que resultaram na deteção de 197 embarcações e auxílio a cerca de 1600 migrantes.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×