21/10/19
 
 
Água do Algarve começa a voltar ao normal

Água do Algarve começa a voltar ao normal

Dreamstime Joana Marques Alves 21/08/2019 09:29

Na semana passada, a água do Algarve esteve anormalmente fria. A culpa é do vento, explica o IPMA.

Para muitos, agosto é sinónimo de Algarve. Rumam a sul na esperança de passar dias inteiros na praia, a aproveitar o calor e a água quente. Mas a quem estava a contar dar mergulhos no mar sem se preocupar com a pele de galinha, São Pedro pregou uma partida: na semana passada, a água no Algarve esteve mais fria do que no norte do país. Porquê? A culpa é do vento. Mas a partir de quinta-feira, tudo volta ao normal.

Na semana passada, o cenário era muito diferente daquele a que estamos acostumados: as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) apontavam para que, no sábado, em Viana do Castelo, fossem registadas temperaturas a rondar os 17 oC e na Apúlia, em Braga, a água chegasse mesmo aos 19 oC. Já em Albufeira, Portimão e Armação de Pera, no Algarve, os termómetros só deveriam oscilar entre os 16 oC e os 17 oC.

Quem por lá andou sentiu no corpo a diferença da temperatura. De acordo com o IPMA, estas mudanças são causadas pelo vento: “No Algarve, a água tem estado mais fria, uma vez que temos tido vento mais intenso do quadrante norte, em especial a sul do cabo Carvoeiro, e isso tem dado origem a um fenómeno denominado afloramento costeiro (upwelling). O upwelling consiste na subida de águas subsuperficiais para a camada de água à superfície no oceano, tendo como forçamento meteorológico o vento junto à superfície”, explicou ao i Vânia Lopes Brogueira, coordenadora do gabinete de comunicação do IPMA.

“Nesta altura do ano é comum ocorrerem períodos em que o vento sopra de leste/sueste, com o consequente transporte de água mais quente do mar Mediterrâneo até à costa do Algarve, situação que este ano não se tem verificado de forma persistente”, acrescenta.

Ontem, as temperaturas já davam sinais de estar a melhorar com, por exemplo, 19 oC em Montegordo e 18 oC em Vilamoura. Aliás, o IPMA prevê que a temperatura do mar regresse ao “normal” a partir de amanhã: “A partir de dia 22, quinta-feira, já se prevê ondulação de sueste (levante) e é expetável que a temperatura da água do mar no Algarve aumente para valores mais habituais para a época do ano (acima de 20 oC)”, diz ao i Vânia Lopes Brogueira.

 

Temperaturas vão subir

E há boas notícias para quem está de férias, ansioso por aproveitar ao máximo a praia e a piscina: as temperaturas máximas começaram ontem a aumentar, sendo expetável uma subida entre quatro e oito graus Celsius em algumas zonas de Portugal continental.

Segundo o IPMA, os termómetros começam hoje a subir de forma acentuada, com Setúbal e Évora a chegarem aos 36 oC. Braga e Bragança não vão ultrapassar os 30 oC, mas Lisboa vai chegar aos 35 oC e Santarém aos 38 oC. Faro fica pelos 31 oC.

O instituto prevê que as temperaturas continuem altas até sexta-feira, começando a descer a partir de sábado. Ainda assim, os termómetros não devem ficar abaixo dos 30 oC, com exceção da faixa costeira a norte do cabo Raso, que deverá registar temperaturas entre os 25 e os 27 graus.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×