14/11/19
 
 
Conselho de Ministros decreta oficialmente o fim da crise energética

Conselho de Ministros decreta oficialmente o fim da crise energética

Jornal i 19/08/2019 10:56

Sindicato desconvocou a greve de motoristas este domingo

Já foi decretado oficialmente o fim da crise energética a partir das 24h de hoje. A decisão foi aprovada em Conselho de Ministros realizado esta manhã.

O primeiro-ministro já tinha anunciado que a crise energética acabaria esta noite, tendo convocado a reunião dos ministros para que fosse oficializado o fim da crise, que tinha sido decretada há nove dias.

Costa, também em declarações aos jornalistas no final da visita desta manhã à entidade para o setor energético em Lisboa, disse acreditar que "levará mais dois a três dias" até estarem completamente ultrapassados os efeitos da greve.

O líder do Executivo anunciou ainda que a rede REPA (Rede de Emergência de Postos de Abastecimento) exclusiva acaba já e que o aumento de combustível possível para venda passa de 15 para 25 litros.

"Houve uma vitória do país", afirmou António Costa ao ser questionado se o fim da greve correspondia a uma vitória do seu Executivo. O Governo "não ganhou nem perdeu", porque "não era parte" no conflito, sublinhou.

Recorde-se que a greve dos motoristas de transporte de matérias perigosas começou na segunda-feira, dia 12 de agosto, tendo sido desconvocada este domingo. Esta terça-feira sentam-se à mesa das negociações.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×