20/8/19
 
 
Governo admite alargar requisição civil

Governo admite alargar requisição civil

AFP Jornal i 14/08/2019 12:52

Pedro Pardal Henriques disse hoje que motoristas não vão cumprir serviços mínimos

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou esta quarta-feira que um eventual incumprimento dos serviços mínimos pelos motoristas de matérias perigosas obrigará o Governo a alargar a requisição civil.

As declarações do ministro surgem depois de Pedro Pardal Henriques, advogado do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), garantir que os motoristas não iam cumprir a requisição civil e iam falhar o cumprimento dos serviços mínimos.

“O que tenho a dizer sobre isso é que, evidentemente, a requisição civil é imperativa e portanto espero que todos aqueles abrangidos pela requisição civil a cumpram", disse o governante, citado pela agência Lusa.

"Quanto ao incumprimento de serviços mínimos, se nas regiões do país em que não há requisição civil os serviços mínimos forem incumpridos, teremos naturalmente que avançar para o alargamento da requisição civil, porque a requisição civil é o instrumento que temos quando os serviços mínimos não estão a ser cumpridos", acrescentou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×