23/10/19
 
 
MotoGP. Miguel Oliveira faz a melhor corrida do ano na Áustria

MotoGP. Miguel Oliveira faz a melhor corrida do ano na Áustria

Laura Ramires 11/08/2019 16:40

Piloto português alcançou o primeiro top-10 do Mundial, após terminar em 8.º lugar em Spielberg. Patrão da KTM rendido ao almadense.

E à 11.ª etapa do Mundial de MotoGP, o estreante Miguel Oliveira alcançou o melhor resultado da temporada. Hoje, no Grande Prémio da Áustria, o piloto da KTM conquistou o primeiro top-10 na categoria rainha do motociclismo, após ter cruzado a meta do circuito Red Bull Ring, em Spielberg, no oitavo lugar.

Na ronda que decorreu na casa da equipa austríaca, o almadense mereceu um novo voto de confiança por parte da KTM, que ofereceu um up grade na moto do português (KTM RC16), que passou a contar com as mesmas características das dos piloto oficiais.

“Estou muito feliz com este resultado e com este primeiro top 10 para mim e para a equipa. Depois de todo o nosso esforço e dedicação em entender a moto, merecemos este resultado. Este acaba por ser um retorno positivo para a KTM no seu GP em casa”, afirmou o português após a sua melhor corrida do ano.

De notar que, durante o fim de semana, Miguel Oliveira tinha também alcançado a melhor qualificação da temporada ao conseguir o 13.º lugar na grelha de partida. Até então o 14.º posto conseguido logo na segunda corrida da época, na Argentina, era o melhor resultado.

Com o oitavo lugar obtido em solo austríaco, o piloto português subiu três lugares na geral, em que surge agora na 15.ª posição com 26 pontos.

Já Andrea Dovizioso (Ducati), vencedor da corrida, descontou cinco pontos da vantagem de Marc Márquez na liderança da MotoGP (230 pontos). O piloto italiano chegou aos 172 e tem agora 58 de atraso para o piloto da Honda, que foi segundo no GP austríaco. 

“Parabéns Portugal, têm um grande piloto” Com a presença no top-10, Miguel Oliveira foi mesmo o melhor piloto da KTM na Áustria e a exibição do português não passou despercebida ao proprietário da equipa, Hervé Poncharal, que não se poupou nos elogios ao novo membro da classe rainha. “Foi uma corrida fantástica do Miguel. Se olharem para o ritmo dos primeiros, nós estamos lá. O próximo passo é tentar uma melhor posição na qualificação e ficar por lá. O arranque não foi fantástico, mas ele mostrou muita calma e determinação; está de parabéns. E parabéns também para Portugal, vocês têm um grande piloto”, disse o francês aos microfones da SportTV.

Também o almadense admitiu que o arranque foi o mais complicado: “No começo tivemos alguns problemas e não consegui andar tão rápido como queria. Mas depois até foi engraçado, com muitas ultrapassagens. O meu ritmo foi muito bom, tal como, de resto, já tínhamos visto no sábado”.

Miguel Oliveira parte agora com a confiança reforçada para a 12.ª etapa do Mundial, que decorre no próximo fim de semana de 23, 24 e 25 de agosto, em em Silverstone.

“Agora vamos para Silverstone motivados e com um pensamento e feedback positivos”, confessou o piloto luso.

Os resultados obtidos até agora Com mais de metade do campeonato já realizado (11 de 19 etapas), Miguel Oliveira só não conseguiu pontuar em quatro rondas. Ao oitavo lugar, juntam-se, como melhores resultados do piloto português, os dois 11.º lugares, alcançados na República Checa e Argentina. Seguem-se o 12.º posto na Catalunha; o 13.º na Holanda; o 14.º no GP das Américas e o 15.º em França. Fora dos lugares pontuáveis, o rookie da KTM Tech 3 terminou no 17.º lugar no Qatar (primeira prova da temporada), no 16.º posto em Itália e, por duas vezes, na 18.ª posição, desta feita em Espanha e na Alemanha.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×