24/1/20
 
 
Se serviços mínimos não forem assegurados, forças de segurança irão conduzir camiões

Se serviços mínimos não forem assegurados, forças de segurança irão conduzir camiões

jornal i 07/08/2019 18:11

Vieira da Silva, ministro do Trabalho, anunciou que o abastecimento de combustível de todos os postos vai ter serviços mínimos 50% de trabalhadores em cada empresa.

Não havendo acordo entre os dois sindicatos que entregaram o pré-aviso de greve para dia 12 de agosto e a ANTRAM, o Governo foi obrigado a definir os serviços mínimos. Vieira da Silva, ministro do Trabalho, anunciou que o abastecimento de combustível de todos os postos vai ter serviços mínimos 50% de trabalhadores em cada empresa.

O pré-aviso de greve apontava para serviços mínimos de apenas 25% para a maior parte dos serviços, mas o Governo decretou serviços mínimos entre 50% e 75%. O abastecimento a postos de empresas e o transporte de bens de primeira necessidade – supermercados – estarão garantidos a 75%.  

Além disso, Vieira da Silva garantiu que as cargas e descargas serão feitas pelos motoristas. Recorde-se que este é um dos pontos que os motoristas reivindicam, uma vez que asseguram não ter formação para fazer este tipo de trabalho.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×