22/9/19
 
 
Ministério Público investiga morte de recém-nascido no Hospital de Faro

Ministério Público investiga morte de recém-nascido no Hospital de Faro

Carlos Diogo Santos 07/08/2019 16:56

Bloco de Esquerda também já pediu esclarecimentos ao Ministério da Saúde

 

O Ministério Público vai investigar a transferência da grávida do Hopital de Faro para o Hospital Amadora-Sintra, procedimento que resultou na morte do recém-nascido.

Ao SOL, a Procuradoria-Geral da República confirmou que após as notícias entretanto tornadas públicas, o Ministério Público da Comarca de Lisboa Oeste já “determinou a abertura de inquérito”.

O Bloco de Esquerda também revelou ao SOL que “deu hoje entrada no Parlamento um pedido de esclarecimento ao Ministério da Saúde sobre se irá acionar as entidades inspetivas competentes (nomeadamente a Inspeção Geral das Atividades em Saúde) para que se abra um inquérito sobre este caso”.

Recorde-se que o Hospital de Faro já anunciou a abertura de um inquérito para apurar o que terá acontecido, depois de o bastonário da Ordem dos Médicos ter pedido que fossem apuradas responsabilidades.

A mãe da criança estava no Hospital de Faro em pré-eclâmpsia e por falta de incubadoras acabou por ser transferida para a unidade da Grande Lisboa, O bebé acabou por nascer com diversas complicações, tendo morrido no passado sábado.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×