17/9/19
 
 
Mulher presa por matar homem que a violou é libertada 15 anos depois

Mulher presa por matar homem que a violou é libertada 15 anos depois

Jornal i 07/08/2019 11:43

A mulher, de 31 anos, ficará em liberdade condicional durante os próximos dez anos

Cyntoia Brown, presa por matar o homem que a violou e manteve em cativeiro, foi libertada na manhã desta quarta-feira, avança o NBC New York.

Recorde-se que o caso remonta a 2004, a jovem, vítima de tráfico sexual com 16 anos, foi condenada a prisão perpétua por ter morto o homem que a comprou. O abusador tinha 43 anos quando comprou Cyntoia, no entanto, a jovem conseguiu ter acesso à coleção de armas do homem, matou-o e fugiu.

Ao longo do julgamento a jovem contou que foi abusada e agredida, mas acabou por ser acusada de roubo por ter fugido com a arma e carteira do violador. O tribunal não teve em conta o sofrimento de Cyntoia e condenou-a a prisão perpétua.

No entanto, o seu caso viria a ganhar destaque mundial, em 2017, com várias celebridades, como Kim Kardashian e Rihanna, a apelarem à libertação da mulher.

Agora, após 15 anos na prisão, Cyntoia foi libertada.

A mulher, de 31 anos, ficará em liberdade condicional durante os próximos dez anos, estando proibida de violar qualquer lei estatal ou federal. Além disso, é ainda obrigada a arranjar um emprego e a participar regularmente em sessões de aconselhamento.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×