22/11/19
 
 
México. Dois jornalistas assassinados no espaço de três dias

México. Dois jornalistas assassinados no espaço de três dias

03/08/2019 10:30

Já são oito profissionais de comunicação mortos desde o início do ano

Edgar Alberto Nava, diretor do jornal "La Verdad de Zihuatanejo", no México, foi assassinado esta sexta-feira no Estado de Guerrero, no sul do país. “De acordo com os primeiros elementos da investigação, a vítima foi baleada com uma arma de 9 mm”, indicou o Ministério Público mexicano.

Ainda na última terça-feira, outro jornalista, Rogelio Barragán, havia sido encontrado morto dentro de um automóvel abandonado e com sinais de tortura no Estado de Morelos, no centro do México. O corpo foi encontrado um dia depois de ter sido reportado o desaparecimento do profissional de comunicação.

São já oito os jornalistas assassinados no México desde o início do ano e 12 desde 10 de dezembro, dia em que Andrés Manuel López Obrador assumiu a presidência do país. Segundo a organização não-governamental (ONG) Repórteres Sem Fronteiras, o México é o país mais mortal para jornalistas em 2019.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×