19/9/19
 
 
Prisão domiciliária por matar o pai em Barcelos

Prisão domiciliária por matar o pai em Barcelos

Joaquim Gomes Joaquim Gomes 27/07/2019 20:22

Até ter condições de lhe ser instalada a pulseira eletrónica, Pedro Ribeiro ficará detido na Cadeia Regional de Braga

O jovem de 16 anos suspeito de ter morto o pai com três machadadas, em Barcelos, ficará em prisão domiciliária controlado por uma pulseira electrónica.

Segundo decidiu este sábado o juiz de instrução criminal da Comarca de Braga, Pedro Ribeiro, até ter condições de lhe ser instalada a pulseira electrónica (o que implica, entre outros aspetos, telefone na rede fixa, para obrigação de permanência na habitação (vulgo prisão domiciliária), ficará alguns dias em prisão preventiva, na Cadeia Regional de Braga. O jovem está indiciado por homicídio qualificado do pai, Adelio Longras Ribeiro, de 52 anos, o que terá ocorrido num quadro de violência doméstica continuada, ao longo dos últimos anos, visando também a mãe do jovem.

O crime foi cometido ao princípio da tarde desta sexta-feira,  na residência familiar, situada a face da Estrada Nacional 306, na Rua da Escola, da freguesia de Pereira, nos arredores da cidade de Barcelos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×