22/9/19
 
 
Prisão domiciliária para homem que ateou três fogos florestais em Braga

Prisão domiciliária para homem que ateou três fogos florestais em Braga

Joaquim Gomes Joaquim Gomes 26/07/2019 21:46

“Chasolas” já tem antecedentes criminais pela prática de incêndios florestais de natureza dolosa

O suspeito da autoria de três fogos florestais em Cabeceiras de Basto, no distrito de Braga, ficou esta sexta-feira em prisão domiciliária, segundo decisão do juiz de instrução criminal. No entanto, ficará preso na Cadeira Regional de Braga até haver condições de instalar uma pulseira eletrónica ligada a telefone fixo, na sua residência.

Com a alcunha de “Chasolas”, o arguido, de 58 anos, tinha sido libertado há cerca de três meses no final do cumprimento de pena efetiva pelo mesmo tipo de crimes de fogo posto.

Os três incêndios consumiram principalmente área florestal e sobrante, não tendo atingido outras proporções mais graves dada a pronta intervenção dos operacionais dos Bombeiros Cabeceirenses, que impediram a sua propagação, dois na noite de segunda-feira e o outro na manhã de quarta-feira, na União de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela. Estas são conclusões de investigações criminais realizadas pela Polícia Judiciária de Braga, com colaboração do Posto Territorial da GNR de Cabeceiras de Basto, que chegaram até ao arguido, de 58 anos de idade, desempregado.

“Chasolas” já tem antecedentes criminais pela prática de incêndios florestais de natureza dolosa e as diligências realizadas pela Polícia Judiciária de Braga permitiram a recolha de substanciais elementos de prova, que conduziram desse modo à detenção do suspeito.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×