3/7/20
 
 
Mapas revelam segredos dos parques naturais portugueses

Mapas revelam segredos dos parques naturais portugueses

Joaquim Gomes Joaquim Gomes 20/07/2019 11:00

Cartografia militar portuguesa é "das melhores do mundo"

Mapas com uma bússola incorporada revelam segredos dos parques naturais portugueses, fruto do trabalho persistente de um montanhista, que colocou mãos à obra, tendo editado já cinco mapas, do Parque Nacional da Peneda-Gerês, dos Parques Naturais da Serra da Estrela, de Sintra Cascais, da Arrábida, e ainda do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Carlos Agostinho, residindo na Covilhã, editou, naturalmente, o seu primeiro mapa sobre a Serra da Estrela, mas aquele que teve mais procura foi o do Gerês, talvez por ser o único parque nacional português, sendo que todos primam pela qualidade e exatidão dos mapas. “Os nossos mapas têm utilizadores de referência, que apreciam o nosso trabalho, como é o caso do João Garcia, o que nos orgulha muito”, destacou ao i, salientando que o maior alpinista português de sempre “afirma estarem estes nossos mapas ao nível do melhor que se faz no mundo, porque não ficam nada atrás dos melhores mapas”.

O mais recente é do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, que tem um local próprio para apontamentos em lápis, para além de bussola incorporada e o papel antirasgo e resistente à água, uns com escalas de 1/25.000 e outros de escalas de 1/50.000, todos eles legendados e em cinco idiomas, português, inglês, francês, espanhol e alemão.

A qualidade do trabalho deve-se ao facto de se basear nas cartas militares do Centro de Informação Geoespacial do Exército, uma vez que “a cartografia militar portuguesa é das melhores todo o mundo, por dois motivos fundamentais, uma grande exatidão posicional e grau de pormenor, sendo por isso reconhecida no mundo inteiro”, diz Carlos Agostinho.

Só que “existindo excelentes cartas cartográficas, não havia, ao contrário da maioria dos países, mapas turísticos, com informação turística, dos percursos, dos museus e de outros pontos de interesse, pelo que a partir daí foi só iniciar o trabalho, fazendo contactos, por ser um projeto então inédito e ainda hoje em dia único em Portugal”, segundo este editor.

A Adventure Maps, que é liderada por Carlos Agostinho, trabalha articuladamente com a Natural PT (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas), bem como a Federação Portuguesa de Campismo e Montanhismo de Portugal, Turismo de Portugal, Azenhas da Seda, entre outras entidades, empresas e organizações, como é a ADERE - Peneda Gerês.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×