12/7/20
 
 
Tráfico humano. 15 imigrantes explorados na apanha da azeitona

Tráfico humano. 15 imigrantes explorados na apanha da azeitona

Jornal i 09/07/2019 20:52

Oriundas do leste europeu, as vítimas vivam em condições degradantes de trabalho, alojamento e sanitárias

Dois irmãos foram detidos pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), indiciados pelos crimes de tráfico de pessoas, auxilio à imigração ilegal e angariação de mão de obra ilegal. No âmbito da operação “Fratello” – em português, irmão - foram identificadas quinze pessoas, oriundas de países do leste europeu, que sofriam de exploração laboral em herdades agrícolas, em específico naquelas onde ocorria a apanha da azeitona.

As vítimas identificadas, na sua maioria do sexo masculino, viviam em condições degradantes de trabalho, alojamento e sanitárias, sendo que “muitos deles acabaram privados da respetiva remuneração e com recurso a violência física”, explica a tutela enviada pelo SEF às redações. Os alegados factos criminosos ocorreram em Alcácer do Sal e Beja.

Foram ainda levados a cabo três mandados de busca domiciliária e seis a viaturas, onde foram apreendidos materiais que indiciam a prática criminosa. Um dos exemplos constitui a apreensão de 11 mil cigarros artesanais, separados em maços de vinte, que eram vendidos paralelamente aos trabalhadores explorados, através da dedução do valor estipulado nos respetivos salários.

Os irmãos, também com nacionalidade oriunda dos países de leste, serão amanhã presentes a Tribunal, onde ficarão a conhecer as respetivas medidas de coação.    

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×