15/10/19
 
 
Bruno Fernandes. Man. United quer torná-lo um diabo vermelho

Bruno Fernandes. Man. United quer torná-lo um diabo vermelho

AFP Laura Ramires 03/07/2019 09:00

Resta perceber até onde os red devils estão dispostos a ir pelo médio do Sporting. Leões sabem que só deixam sair o jogador com o rótulo de maior venda de sempre do clube.

Bruno Fernandes é hoje, em Portugal, uma das principais figuras deste mercado de transferências. O futuro do internacional português permanece incerto mas, ao que tudo indica, e caso venha a confirmar-se a sua saída do Sporting, a Premier League é o destino mais provável.

Foi, aliás, ao encontro desta lógica que na manhã desta terça-feira chegou nova informação.

Nicolò Schira, jornalista de La Gazzetta dello Sport, revelou durante o dia de ontem a existência de um pré-acordo entre Bruno Fernandes e o Manchester United. Através do Twitter, Schira avança que “falta acordar o negócio”, sublinhando ainda que os red devils bateram a concorrência de Tottenham e Liverpool na corrida pelo médio do Sporting.

Ao que tudo indica, os responsáveis do clube inglês estiveram reunidos com os representantes do internacional português de modo a chegarem a um consenso relativamente à transferência do jogador. Porém, faltará ainda chegar a acordo com a terceira parte interessada no processo – o Sporting – e, segundo o Sun, o United terá oferecido uma proposta de 35 milhões de euros.

A confirmar-se, dificilmente o emblema leonino permitirá libertar o jogador por este valor, já que o ainda capitão de Alvalade é visto como o principal ativo do clube – além de ainda ser olhado pela direção de Frederico Varandas como o jogador que sairá com o rótulo da venda mais cara de sempre do clube verde-e-branco. Analisando apenas por esta perspetiva, é desde logo certo que o preço base está fixado nos 40 milhões de euros, montante que o Inter de Milão pagou ao Sporting por João Mário. Mas, além disso, os leões já fizeram questão de sublinhar que esperam encaixar pelo menos 60 milhões de euros.

Recorde-se que Bruno Fernandes, 24 anos, foi um dos jogadores que rescindiram contrato após os ataques à academia de Alcochete, mas acabou por ficar no clube, tendo assinado em julho do ano passado um novo vínculo válido até 2023. Mais: o médio foi blindado com uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

De qualquer forma, durante a semana passada, o dirigente leonino admitiu que o Sporting tem um plano A, “para o caso de Bruno Fernandes ficar” e um plano B “para o caso de ele sair”.

O médio mais goleador da Europa Bruno Fernandes foi a figura maior da equipa leonina em 2018/19. E se há casos em que os números não fazem justiça à importância de um jogador, este não é certamente um deles. Com 32 golos apontados em todas as competições (20 na Liga portuguesa, seis na Taça de Portugal, três na Liga Europa e três na Taça da Liga), tornou-se o médio com mais golos de sempre no futebol europeu numa só temporada.

Com este registo, Bruno Fernandes superou o então recorde do brasileiro Alex, que em 2004/05 apontou 29 golos pelo Fenerbahçe, e deixou também pelo caminho Frank Lampard, que em 2009/2010 somou 27 golos com a camisola do Chelsea.

Bruno Fernandes chegou a Alvalade no verão de 2017, proveniente dos italianos do Sampdoria, num negócio que custou aos cofres leoninos cerca de 8 milhões de euros. Na altura, o jogador que fez toda a formação no Boavista foi um pedido do então treinador Jorge Jesus à direção, à data ainda presidida por Bruno de Carvalho.

Em abril deste ano, o treinador português, atualmente nos brasileiros do Flamengo, recordou precisamente o momento em que integrou o médio luso na lista de prioridades para a época 2017/18.

“Se há coisa que Bruno de Carvalho fez bem foi contratar o Bruno Fernandes. Acreditou em mim. O Sporting vivia com dificuldade e o Bruno não era um jogador barato (...) A verdade é que o Bruno custou, penso eu, 8 milhões de euros, que era muito dinheiro para o Sporting, mas hoje, se calhar, com um zero à frente... não vendia. É o jackpot do Sporting, tanto desportiva como financeiramente”, referiu em declarações ao jornal A Bola.

Ainda àquela publicação, o técnico português anteviu voos grandes para o médio: “A sua caminhada deve-se ao trabalho. Ele merece tudo de bom. É um grande profissional que gosta muito de trabalhar, de ouvir e aprender. É um líder no campo, com ou sem bola. E está ainda em fase de crescimento, é ainda jovem e ainda vai melhorar”. “[Bruno Fernandes] tem tudo para jogar a um nível mais alto, tal como acontece com o Bernardo Silva no Manchester City. O Bruno Fernandes pode chegar perfeitamente a esses patamares”, sentenciou Jesus no passado mês de abril.

Eduardo por cinco épocas Durante o dia de ontem, o Sporting anunciou a contratação já esperada de Eduardo. O médio brasileiro, que na última época representou o Belenenses por empréstimo do Atlético Paranaense, assinou com os leões um contrato de cinco temporadas, válido até 2024. O futebolista, de 24 anos, já se apresentou, de resto, no treino de ontem. Eduardo tornou-se assim a quinta contratação dos leões, após os anúncios dos avançados Luciano Vietto e Rafael Camacho e dos defesas Luís Neto e Valentin Rosier.

Já de leão ao peito, o médio falou em “sonho concretizado” e mostrou vontade de conquistar títulos na sua época de estreia. “É um sonho a ser realizado jogar num grande clube da Europa. Agora vou em busca do meu sonho, que é ganhar títulos com esta camisola. Se Deus quiser, vamos conquistar muitos títulos este ano. Espero dar muitas alegrias aos adeptos e ao clube”, disse à Sporting TV. Além disso, deixou uma garantiu aos adeptos: “Sou um jogador que se vai entregar ao máximo dentro de campo, em busca da vitória. Espero dar muitas alegrias a todos”.

Na sessão desta terça-feira, Marcel Keizer contou também com Rafael Camacho, João Oliveira, dos sub-23, e Nuno Mendes, dos sub-17, que se juntaram ao restante plantel. Com planos individuais de recuperação e fora dos trabalhos com o grupo seguem Rodrigo Battaglia, a recuperar da rotura do ligamento cruzado, e o reforço Valentin Rosier, informaram os leões.

O Sporting iniciou a pré-época com 22 jogadores, numa altura em que ainda há vários indisponíveis, autorizados a juntar-se mais tarde ao plantel, devido aos compromissos que abraçaram com as respetivas seleções.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×