19/9/19
 
 
Berardo alvo de queixa-crime da comissão de inquérito à Caixa

Berardo alvo de queixa-crime da comissão de inquérito à Caixa

Bruno Gonçalves Jornal i 02/07/2019 14:42

Empresário não entregou documentos pedidos pela Comissão de Inquérito

Comissão parlamentar de inquérito à Caixa exige que lhe sejam cedidos os documentos pedidos. Associação Coleção Berardo diz não ser cliente da CGD.

A comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos vai avançar com uma queixa-crime contra a Fundação Joe Berardo. Os deputados acusam o empresário de não entregar documentos considerados essenciais, no âmbito da análise dos empréstimos feitos junto do banco do Estado.

“São documentos importantes, relevantes para perceber uma coisa muito simples: porque é que a Caixa Geral de Depósitos não conseguiu executar, até à data, garantias que foram dadas para um empréstimo que foi concedido por este banco público”, explicou Luís Leite Ramos, presidente da comissão, à Renascença.

O deputado sublinhou que a comissão pediu “ao longo destas últimas semanas, vários documentos. Uma parte foi enviada, mas a parte do nosso ponto de vista mais substancial e mais relevante não chegou à comissão com o argumento de que a associação não era cliente da Caixa Geral de Depósitos”.

Face à não entrega, a comissão “vai participar, via Assembleia da República, ao Ministério Público a desobediência que tem sido repetidamente cometida pela associação Coleção Berardo”, anunciou Luís leite Ramos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×