20/8/19
 
 
Príncipe William diz que "não teria qualquer problema" se os seus filhos fossem gays

Príncipe William diz que "não teria qualquer problema" se os seus filhos fossem gays

Dreamstime Jornal i 26/06/2019 16:47

Mas mostra-se preocupado com as pressões que possam sofrer

O Duque de Cambridge afirmou esta quarta-feira que “não teria qualquer problema” em ter um filho homossexual, mas teme as pressões que poderiam sentir caso assumissem publicamente a sua orientação sexual.

“Acho que só começamos a pensar nestes assuntos quando nos tornamos pais. E, claro, não teria qualquer problema” se um dos filhos fosse gay ou lésbica, afirmou o príncipe William, que falava durante uma visita à sede da Albert Kennedy Trust, uma associação de apoio à comunidade LGBT e aos jovens que são expulsos de casa por assumirem a sua orientação sexual.

“O que mais me preocupa é a forma como os meus filhos – principalmente tendo em conta os papéis que têm na sociedade – seriam vistos. Eu e a Catherine [Middleton, duquesa de Cambridge] temos falado muito sobre o assunto para termos a certeza que todos estamos preparados. Não me preocupa que eles sejam gays, preocupa-me como as pessoas irão reagir e as pressões que terão de enfrentar”, acrescentou o príncipe.

William admitiu mesmo estar “nervoso” com o future: “Apoio qualquer que seja a decisão dos meus filhos, mas preocupo-me, enquanto pai, com as barreiras, com os insultos, com a perseguição e a discriminação que poderão ter de enfrentar. Essa é a parte que mais me incomoda. Gostava que vivessemos num mundo em que isto fosse algo normal. Mas no caso da minha família, e com a posição que temos na sociedade, sinto-me um pouco nervoso”.

Recorde-se que William e Kate têm três filhos: George, de cinco anos, Charlotte, de quatro anos, e Louis, de um ano.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×