29/3/20
 
 
330 condutores apanhados com taxa criminosa de álcool na estrada no espaço de 12 dias

330 condutores apanhados com taxa criminosa de álcool na estrada no espaço de 12 dias

jornal i 25/06/2019 12:15

A operação Baco detetou ainda 121 pessoas sem carta de condução, 538 por utilização indevida do telemóvel e 391 por não terem seguro de responsabilidade civil, considerado obrigatório. 

Durante a operação Baco, realizada pela GNR entre os dias 12 e 24 de junho, mais de 330 condutores foram detidos por conduzirem com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2, gramas/litro (g/l), o que é considerado crime. Dos 51.413 condutores parados, 1.100 conduziam com excesso de álcool no sangue, segundo a agência Lusa.  

As ações de fiscalização, organizadas pelas autoridades, concentraram-se em vias “onde as infrações por excesso de álcool são mais frequentes e dão origem a um risco acrescido de acidentes de viação”. O intuito da operação é prevenir a sinistralidade e aumentar a segurança dos condutores. 

A operação Baco detetou 15.111 contraordenações rodoviárias,  4.269 por excesso de velocidade, 979 por falta de inspeção periódica obrigatória, 774 por anomalias no sistema de iluminação e sinalização e 537 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinhas para crianças. 

121 pessoas foram apanhadas sem carta de condução, 538 utilizavam o telemóvel durante a condução indevidamente e 391 não tinham o seguro de responsabilidade civil, considerado obrigatório. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×