18/7/19
 
 
Sergio Ramos apoia Luis Enrique: "Cada vitória da seleção também será tua"

Sergio Ramos apoia Luis Enrique: "Cada vitória da seleção também será tua"

Sergio Ramos Twitter Laura Ramires 19/06/2019 19:25

Luis Enrique abandonou hoje o cargo de selecionador espanhol por razões pessoais.

 

Sergio Ramos, capitão do Real Madrid e da seleção espanhola, publicou uma mensagem de apoio a Luis Enrique, depois deste renunciar ao cargo de treinador da La Roja, devido a problemas pessoais.

“Cada vitória da seleção também será tua, míster. Todo o nosso apoio e ânimo”, escreveu o internacional espanhol no Twitter.

Na tarde desta quarta-feira ficou a saber-se que Luis Enrique deixou de ser o selecionador de Espanha. O anúncio chegou pela voz de Luis Rubiales, presidente da Federação espanhola, em conferência de imprensa convocada de urgência. “É uma decisão do próprio Luis Enrique, a quem agradecemos todo o trabalho que fez. Vai ter uma grande recordação porque é um profissional magnífico, são circunstâncias de foro particular que levam à saída”, esclareceu o dirigente.

Luis Enrique, de 49 anos, assumiu a seleção espanhola após o Mundial2018, somando cinco triunfos e duas derrotas, ambas na fase de grupos da Liga das Nações.

A decisão prende-se com os problemas pessoais do ex-treinador do Barcelona, que levaram, recorde-se, a que o selecionador deixasse, no passado mês de março, a concentração da La Roja a 24 horas da partida com Malta.

Quem se segue Depois do adeus ao antigo internacional espanhol, Robert Moreno foi anunciado como o seu sucessor. 

O catalão de 40 anos esteve, aliás, com o papel de selecionador interino nos últimos três encontros da Roja. E apresentou, de resto, um registo 100% vitorioso, com três triunfos: 0-2 ante Malta, 1-4 com as Ilhas Faroé e 3-0 diante da Suécia – em jogos de qualificação para o Euro2020.

Nascido em Barcelona, aos 40 anos, Moreno vai enfrentar o maior desafio da sua carreira até agora. Especializado em scouting, o atual selecionador do conjunto espanhol acompanhou Luis Enrique em todos os projetos anteriores do técnico asturiano (Roma, Celta de Vigo, Barcelona e Seleção). Além disso, Moreno foi ainda segundo treinador de Juan Carlos Unzué no Celta de Vigo durante a temporada 2013/14. Por essa razão, e na hora de assumir os comandos da La Roja, o treinador catalão não esquece o ex-selecionador espanhol: “Sonhava em ser treinador, mas não desta forma. Vamos dar seguimento ao trabalho que o Luis fez até hoje”. E assegurou: “Num momento de dúvida, poderei pedir-lhe ajuda [a Luis Enrique]”.

O objetivo parece, de resto, bem definido: vencer o Campeonato da Europa 2020. Atualmente a Espanha lidera o Grupo F na fase de apuramento com 12 pontos: quatro vitórias no mesmo número de encontros.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×