23/7/19
 
 
Pai de mulher que acusa Neymar de violação pede "justiça"

Pai de mulher que acusa Neymar de violação pede "justiça"

Jornal i 15/06/2019 17:30

Edival Sousa garante que foi uma "surpresa" quando viu a filha envolvida "neste escândalo"

O pai de Najila Trindade, modelo que acusa Neymar de violação, quebrou o silêncio sobre a situação que a filha está a viver e garante que esta está a ser vítima de uma “grande injustiça.

"As evidências são a 100 por cento", começa por dizer Edival Sérgio Mendes de Sousa, num vídeo partilhado pelo site UOL.

"É claro e evidente que estão a tratar a minha filha como se fosse uma 'peteca', como se fosse um cachorro sem dono, uma louca ou uma doida. Tem que haver justiça! Pelo facto de ela não ter dinheiro... Ninguém pode julgar a minha filha, só quem estava lá sabe de todos os factos, Deus e eles dois [Najila e Neymar]", acrescentou.

O pai de Najila Trindade, que admite não ver as filha muitas vezes, garante que a modelo é “tranquila” e que neste momento está a ser “difamada”.

"Foi uma surpresa quando soube que a minha filha estava envolvida neste escândalo. Ela é uma menina tranquila, que nunca deu trabalho à família nem à sociedade. Ela sempre teve os seus sonhos, queria ser modelo... Quando me apercebi, isto já estava na imprensa, nas redes sociais... A minha filha está a ser difamada, fiquei muito triste como pai porque percebi que não estava a haver justiça, está a ter muita influência o facto de estar envolvido um homem que é uma estrela, cheio de dinheiro, cheio de poder", considerou.

Edival termina o vídeo visivelmente emocionado.

"Isto deixou a família abalada, sou pai, sou homem e conheço o caráter da minha filha porque a mãe sempre me passou informações. Ela sempre esteve comigo, conheço bem o perfil de todos os meus filhos e estou a ver nisto tudo injustiças. Mas Deus vai fazer justiça. Tenho certeza que, entre a minha filha e o Neymar, Deus vai fazer o seu julgamento", rematou.

Recorde-se que Najila Trindade acusa o jogador brasileiro de a ter violado num quarto de hotel, em Paris, no passado dia 15 de maio. Neymar nega as acusações e garante que a relação sexual foi consentida.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×