19/9/19
 
 
Real Madrid. Milhares foram ver Luka Jovic, o "miúdo mais feliz do mundo" (com vídeo)

Real Madrid. Milhares foram ver Luka Jovic, o "miúdo mais feliz do mundo" (com vídeo)

Facebook Luka Jovic Bruno Venâncio 12/06/2019 15:20

Adeptos merengues foram ao Santiago Bernabéu para dar as boas-vindas ao ex-Benfica, mas a verdadeira euforia está agendada para esta quinta-feira: vem aí Hazard

Os comentários que se repetiam com mais insistência nas redes sociais refletiam o cenário a que se assistia ao fim da manhã desta quarta-feira nas imediações do Santiago Bernabéu: “Mas estas pessoas não têm de estudar ou trabalhar?” Foram, de facto, muitos os adeptos do Real Madrid que se deslocaram ao recinto do clube merengue, e com um único propósito: assistir ao vivo aos primeiros minutos de Luka Jovic com a camisola do mítico clube da capital espanhola.

 

 

 

O avançado sérvio de 21 anos, contratado pelos merengues ao Eintracht Frankfurt a troco de 60 milhões de euros, mais oito variáveis – e cujo passe o clube alemão havia comprado ao Benfica por seis milhões de euros há poucos meses –, revelou-se pouco expansivo na apresentação, mas não enjeitou responder a nenhuma das perguntas que lhe foram colocadas, mostrando mesmo enorme ambição.

“Neste momento, sou o miúdo mais feliz do mundo por ter assinado por um clube tão grande. Estou muito entusiasmado e seguro de que tomei a melhor decisão. Vou dar tudo para ajudar o Real Madrid a ganhar tudo”, referiu Jovic no Palco de Honra do Santiago Bernabéu, depois de ver um vídeo com alguns dos melhores momentos da carreira e de ouvir elogios... mas também um aviso do novo presidente: “Tu querias fazer parte desta lenda. Chegas com apenas 21 anos, mas já ganhaste títulos em três países. Fizeste uma época magnífica, marcando 27 golos e sendo um dos melhores marcadores da Europa, mas os adeptos do Real Madrid vão pedir-te mais. Vais estar num plantel com os melhores jogadores do mundo, com um grande treinador, e com uma massa adepta que vai pedir muito”, salientou Florentino Pérez.

Já depois de pisar pela primeira vez o relvado e mostrar-se aos muitos adeptos que o esperavam – o Real não revelou o número exato –, Jovic revelou ser adepto do Real desde pequeno “porque é o maior clube do mundo”, frisou pretender aprender muito com Benzema – “chegou cá quando eu tinha 11 anos”, lembrou –, optou por não prometer um número específico de golos e deixou um desejo: “Gostava de ganhar a Champions”.

 

Ronaldo ainda é o melhor Antes de se referir especificamente a Jovic, Florentino Pérez fez questão de deixar uma garantia aos adeptos: “Começa aqui um novo projeto. Este não foi o ano que esperávamos e vamos reagir com força e determinação em busca da nossa obsessão histórica, que é ganhar. Este clube não se rende nunca e vamos continuar a demonstrá-lo”.

A maior prova dessa ambição, porém, não é a contratação de Jovic. É, sim, a de Hazard, resgatado ao Chelsea por mais de 100 milhões de euros e cuja apresentação foi agendada para as 19 horas (espanholas) desta quinta-feira com um propósito específico: conseguir levar o máximo de pessoas possível ao Bernabéu. Ninguém espera que se consiga bater o recorde fixado há dez anos, quando 85 mil adeptos compareceram para ver Cristiano Ronaldo pela primeira vez, mas há a crença de que os números que se seguem (50 mil por Kaká, no mesmo verão, e 45 mil por James Rodríguez, em 2014) possam de facto ser suplantados.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×