23/10/19
 
 
Guia para aproveitar os santos até à última

Guia para aproveitar os santos até à última

Joana Marques Alves 12/06/2019 12:32

Tudo preparado para logo? É a noite mais aguardada por muitos alfacinhas e portugueses que vêm de propósito a Lisboa para celebrar o Santo António. Mas o mês de junho não acaba no dia 12: o i mostra-lhe o que ainda pode aproveitar na cidade.

12 de junho

De manhã começa o dia, com os tradicionais casamentos de Santo António. À noite ruma tudo à Avenida da Liberdade para, a partir das 21h00, assistir às marchas de Lisboa.

Pelo meio há dezenas de arraiais onde pode petiscar e ouvir música popular.

Se procura uma véspera de Santo António diferente, aproveite a visita guiada “Hoje sinto-me... Zé Povinho”, no Museu Bordalo Pinheiro, às 15h00.

 

14 de junho

O Santo António já passou, mas neste dia arranca o Fado no Castelo, com o concerto de Ana Moura e Sopa de Pedra, às 22h00, no Castelo de São Jorge. Neste dia começam também as Jornadas Europeias da Arqueologia, com atividades de divulgação pública direcionadas para os mais pequenos. Vão decorrer até dia 16, no Teatro Romano.

 

15 de junho

O Fado no Castelo prolonga-se para o dia seguinte, com o concerto de Raquel Tavares e Gospel Collective. O espetáculo começa às 22h00. E porque de pequenino se torce o pepino, em Belém, às 17h00, começa o desfile das marchas infantis de Lisboa. 

 

16 de junho

E para descansar um bocadinho da loucura dos Santos, domingo é Dia de Out Jazz. Que tal aproveitar o pôr-do-sol nos jardins do Campo Grande e acabar a noite a beber uma cerveja no último dia do arraial de Alvalade? Quem quer um programa de domingo em família pode sempre aproveitar o programa Lisboa Antes e Depois do Terramoto, no qual é feita uma reconstituição da cidade. É no Palácio Pimenta, no Campo Grande, às 11h30.

 

17 de junho

Segunda-feira é dia de descanso para muitos, que têm de ganhar força para aguentar a organização dos arraiais até ao final do mês. Mas pode sempre aproveitar para visitar a exposição 100% Sardinha, que reúne o best of das propostas de 2019 do concurso promovido pela EGEAC para a sardinha mais original.
A exposição está no Espaço Trindade e pode ser vista das 14h00 às 22h00.

 

18 de junho

Para os lisboetas que são mais dados a bricolage, esta foi a iniciativa perfeita. Mais uma vez, a Câmara de Lisboa disponibilizou estruturas de tronos de Santo António para os alfacinhas decorarem à sua maneira e colocarem numa rua à escolha. Depois, tinham apenas de indicar ao Museu de Lisboa o local onde o trono estava exposto.
O museu criou um roteiro que está disponível online. Se quer fazer algo diferente na terça-feira, aproveite para passear por ruas e ruelas e ver algumas das obras. A exposição estará disponível até dia 30 de junho.

 

20 de junho

Quinta-feira é dia de Corpo de Deus... Mas é também o dia em que arranca o Grande Arraial de Benfica. Rute Marlene e Toy vão dar ritmo ao primeiro dia deste arraial, que contará também com espetáculos de Bárbara Bandeira (21), Cuca Roseta (22) e HMB (23). Os que já estão fartos de sardinhas assadas podem visitar a exposição As Lisboas do NS. Desenhos originais e objetos para – e sobre – a cidade de Lisboa, criados pelo ilustrador Nuno_Saraiva. Está na Galeria de Santa Maria Maior até dia 27, das 14h00 às 18h00.

 

21 de junho

Na sexta-feira arrancam duas iniciativas totalmente diferentes. Na Ribeira das Naus, às 20h00, arranca a 3.ª edição do Lisbon GymFest, na qual haverá exibições de ginástica acrobática, dança e ginástica rítmica, entre outras. Em Belém, às 21h00, começa o Festival de Coros de Verão. Até dia 24, dezenas de coros vão atuar no_Centro Cultural de Belém, nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos, no Museu da Marinha – Pavilhão das Galeotas e no Jardim Vasco da Gama. A entrada é gratuita, mas está limitada pela lotação dos espaços.

 

22 de junho

A Praça do Comércio recebe neste dia, das 16h00 às 04h00, o Arraial Lisboa Pride, uma festa que enaltece a diversidade e a igualdade e diz não à discriminação da comunidade LGTBI. Em Belém, o Jardim Vasco da Gama transforma-se numa paisagem nipónica.O Festival do Japão em Lisboa traz à capital portuguesa várias expressões da cultura japonesa: cosplay, artes marciais, gastronomia, música e muito mais. Decorre entre as 14h00 e as 22h00. Destaque também para o festival Com’Paço – XII Festival de Bandas de Lisboa, que decorre na Alameda D. Afonso Henriques, no Jardim da Estrela e no Jardim do Arco do Cego.

 

23 de junho

Se não tenciona ir ao Porto brincar ao São João, que tal acabar a semana em Lisboa num tom mais ligeiro? No domingo existem várias iniciativas musicais espalhadas pela cidade. Além do Festival de Coros de Verão, o Out Jazz volta a dar ritmo aos jardins do Campo_Pequeno, das 17h00 às 20h00. No centro musical O’culto da Ajuda pode ouvir Três Quartetos Extraordinários. A iniciativa começa no dia antes, com um Quarteto de Saxofones. No domingo é a vez do Drumming Marimba Quartet. Na segunda-feira, último dia, pode ouvir o Quarteto de Cordas de Matosinhos.

 

24 de junho

Na segunda-feira, porque não aproveitar para conhecer um pouco melhor o santo de Lisboa? A exposição_Santo António – Círculo de Arte reúne obras de mais de meia centena de autores portugueses, que criaram representações do santo casamenteiro. A exposição, que está patente no espaço A Arte da Terra, termina nesta segunda-feira.

 

25 de junho

Para os que querem fugir da confusão e aproveitar os dias de semana para explorar os recantos da capital portuguesa, que tal Passear na Lisboa de Bordalo? Esta exposição, que arranca no dia 22 e termina no dia 29, explora a forma como Rafael Bordalo Pinheiro via a cidade. A visita começa às 15h00.

 

26 de junho

Se está a pensar sair do trabalho e beber uma imperial com amigos antes do pôr-do-sol, saiba que, apesar de estarmos perto do fim do mês, ainda há vários arraiais a animar as ruas de Lisboa. O arraial de Santa Catarina, o arraial do Grupo Desportivo Zip Zip e o arraial do Marítimo Lisboa Clube são alguns dos sítios onde pode aproveitar o final das festas.

 

27 de junho

Para os que querem começar a fazer detox da cultura popular, saiba que quinta-feira arrancam duas iniciativas – uma cinematográfica e outra literária. Até dia 29, a Quinta das Conchas recebe o_CineConchas, uma iniciativa de cinema ao ar livre. Também até dia 29, no Teatro Maria Matos, pode aproveitar a segunda edição do Lisbon Revisited – Dias de Poesia. Trata-se de um encontro internacional com poetas portugueses e internacionais.

 

28 de junho

E para acabar o mês de junho em grande, na sexta-feira arranca o último grande arraial do ano: o Arraial Popular da Paróquia dos Olivais Sul. E aqui a diversão alia-se a uma boa causa: os fundos angariados serão usados para pagar as obras do Centro Social e Paroquial. Beber umas cervejas, petiscar um chouriço assado e, ao mesmo tempo, ajudar quem precisa – quer melhor?

 

30 de junho

Ainda nem acabou e já está a sentir saudades do mês de junho? Aproveite o último dia ao máximo! Coma a última sardinha, pique o último chouriço assado, brinde com a última imperial e dê o último pezinho de dança ao som do acordeão. Aproveite o cheiro aos assados que ainda paira na cidade (cheira bem, cheira a Lisboa!) e saboreie as últimas farturas. Volte a recusar as bandoletes brilhantes que tentam impingir-lhe e agradeça à senhora de Alfama que continua a ter ginjinha para vender. Para o ano há mais e, com certeza, com a mesma folia de todos os anos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×