16/9/19
 
 
Constâncio não tem “memória” de ter dado luz verde a Berardo

Constâncio não tem “memória” de ter dado luz verde a Berardo

Bruno Gonçalves Jornal i 07/06/2019 16:27

“Não tenho memória disso nem de nada do género”, afirmou. Documentos desmentem ex-governador do Banco de Portugal.

O antigo governador do Banco de Portugal Vítor Constâncio reagiu no Twitter à notícia de que tinha autorizado Joe Berardo a levantar 350 milhões da Caixa Geral de Depósitos para comprar ações no banco rival o BCP, tendo omitido essa informação aos deputados no âmbito da comissão de inquérito.

Um utilizador partilhou no Twitter a notícia avançada pelo Público ao mesmo tempo que deixou a pergunta (escrita em inglês) sobre se era verdade. A resposta de Constâncio não se fez esperar: “Não é verdade e nunca fui questionado sobre isto”.

Mas o antigo governador não ficou por aqui e fez outra publicação com mais esclarecimentos, sempre escritos em inglês.

“Não fui questionado sobre isto e ainda estou a investigar. Não tenho memória disso nem de nada do género que tenha acontecido há 15 anos e normalmente o supervisor (enquanto instituição) não tem interferência em operações tão concretas dessa natureza”, escreveu Constâncio.

Sublinhe-se que o jornal Público noticiou, esta sexta-feira, que em 2007 foi Vítor Constâncio quem deu luz verde ao empresário Joe Berardo para levantar 350 milhões de euros da Caixa Geral de Depósitos para comprar ações do BCP.

Quando foi ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito à CGD, o antigo governador omitiu esta informação aos deputados, tendo dito ser “impossível” que o Banco de Portugal tivesse conhecimento prévio – antes da aprovação do crédito – sobre o financiamento da Caixa a Berardo.

“Claro que [o BdP] só tem conhecimento delas [operações de crédito] depois” de os bancos as efetivarem. “Como é óbvio! É natural! Essa ideia de que [o BdP as] pode conhecer antes é impossível!”, garantiu Constâncio a 28 de Março deste ano.

Na sequência destas informações, nas quais o antigo responsável pelo supervisor bancário parece contradizer-se, os deputados querem chamá-lo novamente à comissão de inquérito. O PSD, o Bloco de Esquerda, o PCP, o CDS e até o PS já fizeram saber que voltar a ouvir Constâncio.

Veja aqui os documentos

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×