20/9/19
 
 
António Costa quer que 60% dos jovens frequentem o Ensino Superior daqui a 10 anos

António Costa quer que 60% dos jovens frequentem o Ensino Superior daqui a 10 anos

Carlos Costa Jornal i 05/06/2019 16:46

António Costa quer reduzir o número de alunos por turma no ensino secundário e deseja que a a percentagem de 45% de jovens no Ensino Superior passe para 60%.

António Costa disse esta quarta-feira, em Amarante, que, em 2030, 60% da população na casa dos 20 anos deve frequentar o Ensino Superior.

Na cerimónia de inauguração da Escola Secundária de Amarante, que sofreu remodelações, o primeiro-ministro afirmou ainda que irá diminuir, no próximo ano letivo, o número de alunos por turma em todo o ensino secundário e realçou que a aposta em politicas que melhorem o indicador dos 45% de alunos em universidades ou politécnicos é necessária.

Para António Costa, "o maior défice estrutural que o país tem é o défice das qualificações" e que se deve tomar atenção à educação e ao abandono escolar. "Finalmente, o país, com esta nova geração, está a vencer, e temos que recuperar o tempo que perdemos ao longo de um século, de décadas de desatenção com a educação", disse.

A alteração no ensino secundário visa contribuir para o sucesso escolar. “Para o ano, já nesta escola, em todo o ensino secundário, vamos avançar para a redução do número de alunos por turma, porque sabemos que quanto maior cuidado cada professor puder ter com os alunos que tem a seu cargo, melhor contribuímos para o sucesso educativo", explicou o governante.

Na sua intervenção, Costa destacou ainda que o abandono escolar precoce baixou em 2018 para os 11,8% e que o objetivo é chegar em 2020 aos 10%. No entanto, explicou que esse valor ainda é muito elevado. “E chegados aos 10% em 2020, a meta que nós temos de nos propor é mesmo a taxa zero no abandono escolar precoce, porque essa tem de ser a ambição coletiva do país", declarou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×