03/03/2024
 
 
JP de Braga chumba Telmo Correia para o distrito

JP de Braga chumba Telmo Correia para o distrito

DR Joaquim Gomes 31/05/2019 08:27

“Foi aprovada por unanimidade a rejeição da escolha do Dr. Telmo Correia, como cabeça de lista por Braga, nas próximas eleições legislativas de 6 de outubro, pelo CDS/PP e por consequente, não faremos campanha nem será indicado qualquer nome para integrar a lista candidata”

A Juventude Popular de Braga chumbou o nome de Telmo Correia para ser novamente candidato a deputado pelo distrito de Braga, o que fez através de uma moção intitulada “Braga merece melhor!”, num plenário que reuniu cerca de uma centena de militantes e decidiu não fazer campanha eleitoral no caso de Telmo Correia continuar como candidato.

“Foi aprovada por unanimidade a rejeição da escolha do Dr. Telmo Correia, como cabeça de lista por Braga, nas próximas eleições legislativas de 6 de outubro, pelo CDS/PP e por consequente, não faremos campanha nem será indicado qualquer nome para integrar a lista candidata”, anunciou esta sexta-feira em comunicado a Juventude Popular de Braga.

Segundo o presidente da JP de Braga, Francisco Mota, referindo-se à escolha de Telmo Correia ser quarta vez o cabeça de lista do CDS/PP no distrito bracarense, “no que confere à escolha dos deputados, voltamos a assistir à redistribuição de sobrinhos, filhos, irmãos e enteados, naturais do Caldas e arredores, lembrando a fonte do pelicano onde se assiste a mãe a dar de comer a todos os seus descendentes”, sendo que esta posição confirma as fortes resistências das estruturas locais, incluindo as juvenis, do CDS/PP a Telmo Correia.

“Esta é uma imagem triste e que demonstra uma incoerência profunda face à capacitação dos territórios e das suas gentes, caindo a máscara de um CDS/PP, que apregoa um país descentralizado e pratica um partido centralizado”, disse Francisco Mota, desancando na posição assumida pela presidente daquele partido quanto à indigitação de Telmo Correia.

“Dez anos perdidos em Braga”

“Salvaguardando o extraordinário parlamentar, um orador e conhecedor dos dossiês, do melhor que a Assembleia da República tem e não sendo as considerações pessoais que nos afastam, mas as desconsiderações políticas que nos distanciam, consequentemente, Telmo Correia chumbou, pelos dez anos de afastamento do território onde foi eleito, pelos dez anos que fomos órfãos de representatividade, pelos dez anos perdidos”, ainda segundo Francisco Mota, atacando sem dó nem piedade esta escolha de Telmo Correia para Braga.

“Comparando isto ao percurso escolar dos nossos jovens, a avaliação é contínua, quem estuda e se esforça, tem o mérito de alcançar bons resultados, o estudo deve ser frequente e não apenas próximo dos exames, isto é, no final de cada ano letivo, quem demonstrou conhecimentos transita de ano, quem não for assim, chumba”, exemplifica o líder da Juventude Popular de Braga, ainda segundo o qual “transpondo isto para a vida política, Telmo Correia prestou-se à importação, não cumprindo a defesa, acompanhamento e representatividade do território, ao longo de uma década”, justificando por isso a rejeição.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline