20/9/19
 
 
Bruno Fernandes: "Quem tirava ao FC Porto? Brahimi"

Bruno Fernandes: "Quem tirava ao FC Porto? Brahimi"

Bruno Venâncio 24/05/2019 19:16

O capitão do Sporting foi, na antevisão da final da Taça de Portugal, honesto como é seu hábito

Fiel a si mesmo, Bruno Fernandes não se coibiu de revelar o nome do jogador do FC Porto que escolheria para ficar de fora da final da Taça de Portugal, este sábado, caso tivesse essa oportunidade. "Tirava o Brahimi. Já disse mais do que uma vez que o considero o jogador mais desequilibrador do campeonato. É muito difícil de marcar, tem rasgo de génio e consegue tirar dois ou três jogadores da frente. Era o jogador que eu tiraria", atirou o capitão do Sporting, na antevisão da partida que irá opor leões a dragões.

O médio leonino, ainda assim, salientou ainda outros jogadores portistas que considera terem "muita qualidade". "O Danilo, por exemplo, que é um jogador muito difícil de passar, muito forte defensivamente. Mas tirava o Brahimi pelas dificuldades que nos pode causar defensivamente", realçou, alargando os elogios a toda a equipa do FC Porto: "O Danilo não é preciso estudar muito porque conheço-o da seleção. É muito difícil de ultrapassar, e todos os outros também têm um grande nível e são difíceis de defrontar. Treinamos para tirar o melhor de nós e aproveitar as fraquezas deles. Foi uma semana com um pouco mais nervosismo, porque uma final e é um jogo que tem de se preparar de maneira diferente porque ou ganhas ou perdes".

Questionado sobre o seu futuro, Bruno Fernandes lembrou que tem contrato válido com o Sporting e garantiu não ter conhecimento de propostas de outros clubes. "Se é o último jogo pelo Sporting? Não faço a mínima ideia. Por enquanto ainda tenho contrato, tudo aquilo que poderá vir a acontecer virá no seu tempo. Neste momento estou focado naquilo que são as ambições do clube que são as minhas também. Estou focado só nisso e, sinceramente, não sei de mais nada", sublinhou, frisando o objetivo de vencer a Taça de Portugal mas também de ser campeão pelos leões: "Voltei ao Sporting porque é um clube que tem ambições iguais às que tenho. Sempre disse que ia sair do Sporting a partir do momento em que as ambições que tivesse fossem maiores que as do clube. Neste momento não são, as minhas ambições passam por ganhar a Taça de Portugal. Também passavam por ser campeão nacional, ainda não consegui, por isso as ambições para me manter no clube são altas, não tenho motivos para sair. Mas obviamente se chegar uma proposta irrecusável para o clube e que para mim seja boa, iremos falar e discutir. Se for bom para ambas as partes, decidiremos em conjunto".

Esta, recorde-se, será a segunda vez que o internacional português vai estar no Jamor com a camisola verde-e-branca. A primeira, na época passada, frente ao Aves, ficou ensombrada pelo ataque à Academia de Alcochete, ocorrida poucos dias antes, e esse é um episódio que ainda permanece bem presente na memória de quem o viveu por dentro. "A final do ano passado não influencia em nada. Já se falou demasiado sobre isso. São marcas que estão presentes, vir aqui faz recordar algumas coisas, mas o mais importante é que no ano passado perdemos aqui uma final e agora queremos ganhar", realçou.

Garantindo "motivação em alta" na equipa leonina - "Estamos focados, fortes e com a ambição de ganhar a final" -, Bruno Fernandes acredita que este encontro terá poucas semelhanças com o do último sábado, quando o Sporting perdeu por 2-1 no Dragão. "O ultimo jogo é difícil de comentar, foi praticamente o tempo todo de 11 contra dez. Jogámos quase sempre com menos um jogador e o que temos de retirar daquele jogo é a atitude e o carácter que tivemos. Naquele jogo não jogávamos nada além do prestígio e da honra, e acho que fizemos um grande jogo, com uma atitude excelente. Obviamente fomos mais defensivos do que aquilo que gostaríamos, mas o FC Porto é uma excelente equipa e tivemos de ter mais alguns cuidados", sentenciou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×