15/9/19
 
 
Cinco mil jovens protestam pelo clima em frente à Assembleia da República

Cinco mil jovens protestam pelo clima em frente à Assembleia da República

jornal i 24/05/2019 13:59

Os jovens exigem que o governo tome atitudes para combater a situação atual do planeta. 

Esta sexta-feira, jovens estudantes, pais e avós reuniram-se em mais de 111 países para lutar pelo meio ambiente e pelo futuro das próximas gerações. Em Portugal, mais de 50 regiões contaram com manifestações.

Em Lisboa, cerca de cinco mil pessoas juntaram-se numa marcha desde o Marquês de Pombal até à Assembleia da República para exigir que o governo tome medias para combater a situação atual do planeta.

Mensagens como “Não há planeta B”, “nenhum planeta aguenta esperar até 2050” e “para quê ir à escola senão temos futuro” foram algumas das escolhidas pela população portuguesa para manifestar a urgência da atitude governamental. Uma das maiores críticas feitas pelos jovens portugueses é à exploração de petróleo na costa algarvia.

Na Assembleia, deputados de partidos como o PCP, os Verdes, o PAN e o CDS aguardavam pelos estudantes para apoiar a causa. De acordo com o Jornal de Notícias, um grupo de estudantes fez um cordão humano na escadaria da Assembleia.

Também no Porto, os jovens reuniram-se em protesto. A praça da República foi o local escolhido para milhares de jovens iniciarem uma marcha pelo ambiente com destino à Avenida dos Aliados.

O dirigente da associação Zero, Francisco Ferreira, disse à agência Lusa considerar os protestos de hoje uma das "maiores manifestações por uma causa ambiental de sempre em Portugal". Para o ativista, a manifestação realizar-se em época pré-eleições europeias é “fundamental” visto os políticos terem discutido pouco o tema durante a sua campanha eleitoral.

A greve climática estudantil é inspirada na sueca Greta Thunberg, de 16 anos, que no ano passado iniciou um boicote às aulas para exigir ações urgentes para travar as alterações climáticas. A jovem já foi convidada para vir a Portugal discursar na Assembleia da República.

O convite foi feito pelo presidente da comissão parlamentar do Ambiente, o deputado do Bloco de Esquerda Pedro Soares que afirma já ter recebido resposta da equipa de comunicação da ativista e que, caso a jovem aceite o convite, a sua visita será possivelmente numa das datas seguintes: 9 e 26 de Junho ou 3 e 10 de Julho.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×