20/9/19
 
 
Gabriela Correia estreia-se na Velocidade em Braga

Gabriela Correia estreia-se na Velocidade em Braga

Zoom Motorsport/António Silva Joaquim Gomes 17/05/2019 11:35

A jovem piloto bracarense Gabriela Correia estreia-se este fim de semana a competir em Braga, no Open de Velocidade, depois de Portimão em 2018 e do Estoril já este ano, uma semana a seguir à sua participação, em Montanha na 40ª Rampa Internacional da Falperra.

Assistida pela equipa da Vettra Motorsport, de Braga, Gabriela Correia, de 17 anos, corre assim pela primeira vez na sua terra natal, numa competição oficial de velocidade, no seu Seat Leon Mk3, tendo contacto com o Circuito Vasco Sameiro, em Braga, quando corria em karting e foi averbando várias vitórias nas provas de Rotax, até aos 16 anos de idade.

Gabriela Correia estreou-se em Velocidade, no ano de 2018, no Circuito Internacional de Portimão, prova integrada na mítica competição internacional Le Mans, tendo já em 2019 participado no Open de Velocidade, no Autódromo Fernanda Pires da Silva, no Estoril, o que permitiu em ambas as corridas dar os seus primeiros passos nessas exigentes provas.

Na Montanha, Gabriela Correia continua a progredir paulatinamente, tendo na Falperra, a mesma prova da sua estreia absoluta, do ano passado, o dia em que completou 16 anos de idade, este ano sido a melhor piloto em competição, conquistando o segundo lugar na categoria Turismos 3, mostrando de novo a grande evolução ao longo do fim de semana.

A jovem piloto, que fez 17 anos nesta segunda-feira, continua a demonstrar uma enorme maturidade e talento natural, tendo afirmando ao Sol que “nós começámos o campeonato muito bem com um pódio à geral à chuva na Penha, mas as condições na Falperra eram completamente diferentes, senti-me bem e fui sempre baixando os meus tempos nas três subidas de prova, o que significa que ainda teremos margem de progressão para o futuro”.

 

José Correia regressa

Na mesma equipa, a JC Group Racing Team, o seu pai, José Correia, regressará com o Nissan GT R Nismo GT3 (conhecido como “Godzila” devido à sua elevada potência), em que no campeonato português e europeu de montanha 2018 correu, mas este ano dividiu os seus bólides para esta temporada, de modo a usar nas competições de montanha, como já aconteceu nas Rampas da Penha e da Falperra, o Osella PA 2000 Evo2, em que já nesta última obteve sétimo lugar do Grupo E2-SC do Campeonato da Europa FIA de Montanha e foi terceiro classificado absoluto na prova do Campeonato de Portugal de Montanha, ao mesmo tempo que foi já o melhor português ao nível da competente europeia da Falperra.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×