18/8/19
 
 
Bairro do Picoto em Braga vai ser requalificado

Bairro do Picoto em Braga vai ser requalificado

Sérgio freitas Joaquim Gomes 15/05/2019 21:50

O Bairro Social do Picoto foi construído na década de 1990

O Bairro do Picoto, em Braga, vai ser requalificado, segundo anunciou esta quarta-feira o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, no final de uma visita, depois do convite lançado pela associação de moradores.

Acompanhado por vários membros do executivo municipal, o autarca ficou a conhecer as aspirações dos seus residentes e as condições atuais de habitabilidade do Bairro Social do Monte Picoto, referindo “ser esta uma situação inaceitável do ponto de vista da dignidade destas famílias e das condições em que habitam, pelo que a intervenção terá que abranger as casas, mas também todo o espaço público que terá de ser totalmente qualificado e muito melhorado”.

Ricardo Rio destacou que “na altura de construção do bairro”, aquando da presidência de Mesquita Machado, “não houve o mínimo de cuidado com a dignidade das condições de habitação dos moradores”.

Resolvida a questão da propriedade do terreno, com a sua aquisição à Arquidiocese de Braga, Ricardo Rio explicou que esta sua visita “serviu fundamentalmente para avaliar a situação de forma a encontrar soluções concretas e adequadas”.

Durante a visita às habitações e a toda a zona envolvente, o autarca conversou com os moradores e ficou a conhecer os problemas que afetam essas famílias. “Porque temos consciência que esta situação não pode continuar durante muito tempo, é preciso avaliar todas as questões e perceber qual a melhor solução para o Picoto”, referiu Ricardo Rio, explicando que existe a possibilidade de candidaturas a fundos comunitários com vista à elaboração de um projeto de requalificação.

Em relação às habitações, Ricardo Rio adiantou que “sempre estiveram dois cenários em cima da mesa, um de promover o realojamento dos moradores e outro de dotar o próprio bairro de condições condignas, mas infelizmente, face ao número de famílias que aqui habitam e à falta de disponibilidade de imóveis na cidade de Braga, não é assim possível promover uma estratégia alargada de realojamento”.

“Por isso, não podemos deixar continuar esta situação e iremos trabalhar em conjunto com os técnicos municipais, com a empresa municipal Bragahabit e com os moradores para encontrar uma solução que seja viável”, concluiu Ricardo Rio.

O Bairro Social do Picoto foi construído na década de 1990 sendo composto por 50 habitações. A Câmara Municipal de Braga está a finalizar o processo de aquisição dos terrenos à Arquidiocese de Braga, uma condição necessária para apresentação de uma candidatura a fundos comunitários, visando a requalificação de todo o espaço, preferindo manter tais cidadãos arreigados ao local onde sempre viveram, que ceder à especulação imobiliária, que até há meia dúzia de anos campeava em Braga.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×