20/8/19
 
 
Incêndios. Militares no terreno como prevenção

Incêndios. Militares no terreno como prevenção

João Porfírio Jornal i 10/05/2019 17:36

Proteção Civil já deixou alerta à população

As previsões apontam para a subida acentuada das temperaturas já a partir de amanhã, com os termómetros a poder chegar aos 35ºC. Face às condições meteorológicas dos próximos dias, a Proteção Civil já alertou para o aumento do risco de incêndio e, agora, o Estado-Maior-General das Forças Armadas fez saber que vão ser mobilizados 36 militares para o terreno para ajudar a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) na prevenção e vigilância contra os incêndios.

Em comunicado publicado no seu site oficial, o Estado-Maior-General das Forças Armadas revela que serão enviadas para o terreno “um total de nove patrulhas das Forças Armadas”, que “vão reforçar de 11 a 14 de maio ações de vigilância terrestre e patrulhamento” em oito distritos do país: Beja, Bragança, Évora, Guarda, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal.

“Este reforço surge no seguimento do pedido de apoio da ANPC ao Estado-Maior-General das Forças Armadas”, indica a nota.

“Nesta fase, os militares das Forças Armadas irão ser empenhados em operações de vigilância terrestre e, em caso de necessidade, poderão ser empenhados em ações de pós rescaldo, ou de apoio geral às operações de proteção e socorro que possam vir a ser desencadeadas”, esclarece ainda o documento.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×