13/11/19
 
 
José Cabrita Saraiva 08/05/2019
José Cabrita Saraiva
Opiniao

jose.c.saraiva@newsplex.pt

Uma crise feita por medida

Costa mostrou que é de facto quem detém as rédeas da cena política nacional, e que os líderes dos outros partidos, sobretudo da oposição, andam a seu reboque

Aquilo a que assistimos por estes dias no palco da política nacional assemelha-se a uma dessas comédias de enganos em que nada é o que parece.

António Costa, que sempre apresentou como grande desígnio deste Governo devolver aos trabalhadores os rendimentos que a troika e a direita lhes tinham tirado, surpreendeu ao afirmar que afinal não há dinheiro para pagar aos professores o tempo que as suas carreiras estiveram congeladas. E o PSD e o CDS, que durante os anos em que estiveram no Governo, depois do descontrolo total de Sócrates, tudo fizeram para pôr as contas em ordem, adotaram a linha “despesista” da esquerda, prometendo aprovar a lei que contabilizaria a totalidade do tempo congelado. Quem acompanhou a política nestes últimos anos diria que os papéis estão trocados.

Como é sabido, o primeiro-ministro ameaçou demitir-se caso o diploma passe no Parlamento, por achar que face a essa despesa o país ficará condenado à ingovernabilidade.

E a direita, apanhada na curva, meteu travões a fundo... mas despistou-se na mesma.

Com esta manobra, Costa mostrou que é de facto quem detém as rédeas da cena política nacional, e que os líderes dos outros partidos, sobretudo da oposição, andam a seu reboque. É verdade que a reação da direita foi desastrada - dar o dito por não dito de forma tão descarada mostra falta de rumo e isso é algo que o eleitorado dificilmente perdoa. Mas como poderia ter evitado a armadilha que lhe foi montada? Se votasse contra, estaria a caucionar o Governo e tornava-se supérflua. Votando a favor, caía, como caiu, numa contradição intrínseca.

Reconheçamo-lo: António Costa é um mestre exímio do tabuleiro político e esta crise dificilmente poderia surgir num momento mais oportuno. Serve-lhe tão bem que parece ter sido feita por medida. E possivelmente foi mesmo.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×