13/11/19
 
 
Ana Gomes critica autoridades portuguesas

Ana Gomes critica autoridades portuguesas

Jornal i 07/05/2019 20:35

 “No caso do Rui Pinto, choca-me que, perante o óbvio interesse público das informações libertadas por Rui Pinto, as mesmas não tenham despertado o interesse das autoridades portuguesas”.

Ana Gomes, eurodeputada, não poupou críticas às autoridades portuguesas por não valorizarem as informações reveladas por Rui Pinto, o alegado hacker do Benfica.

A eurodeputada diz estar chocada com o comportamento das forças policiais: “No caso do Rui Pinto, choca-me que, perante o óbvio interesse público das informações libertadas por Rui Pinto, as mesmas não tenham despertado o interesse das autoridades portuguesas”. E fala do interesse despertado por outros países da Europa, que ao contrário de Portugal pediram a colaboração de Rui Pinto.

Para a eurodeputada, “Rui Pinto está a ser tratado como um vulgar criminoso”, enquanto as autoridades portuguesas “atuam a pedido de um fundo de investimento, a Doyen, que nem sequer paga impostos em Portugal”.

Quanto à questão à proteção do interesse público, a eurodeputada diz não haver qualquer razão que justifique o comportamento das autoridades: “Não há nenhuma razão de proteção de interesse público que explique porque é que as autoridades portuguesas não pediram a colaboração de Rui Pinto. Isto, independentemente de os crimes pelos quais ele é alegadamente acusado sejam julgados”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×