20/8/19
 
 
Supremo Tribunal deixa Puigdemont candidatar-se às Europeias

Supremo Tribunal deixa Puigdemont candidatar-se às Europeias

AFP Jornal i 05/05/2019 19:56

A decisão surge depois de esta semana o Conselho Eleitoral Central da Espanha ter decidido que os ex-ministros e o antigo presidente da Catalunha não poderiam fazer parte das eleições tendo-os excluído das listas

O Supremo Tribunal considerou que o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, bem como os ex-ministros Toni Comín e Clara Ponsat poderão candidatar-se às eleições europeias - que decorrerão a 26 de maio. No entanto, o Supremo decidiu passar o caso para os tribunais do Contencioso Administrativo de Madrid para que seja tomada uma única decisão.

De acordo com o despacho do Supremo Tribunal, os políticos em questão podem pertencer às listas do partido JxCat, uma vez que a lei em nada opõem que Puigdemont, Comín e Ponsat sejam excluídos da mesma, deixando o alerta aos tribunais comuns de que é nessário que esta questão seja resolvida com alguma urgência.

A decisão surge depois de esta semana o Conselho Eleitoral Central da Espanha ter decidido que os ex-ministros e o antigo presidente da Catalunha não poderiam fazer parte das eleições tendo-os excluído das listas.

Desde que foi declarada a independência da Catalunha, em 2017, que os três têm fugido da justiça espanhola por acusações de rebelião.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×