17/9/19
 
 
Em 50 anos, Facebook poderá vir a ter mais contas de utilizadores mortos do que de vivos

Em 50 anos, Facebook poderá vir a ter mais contas de utilizadores mortos do que de vivos

Dreamstime Jornal i 30/04/2019 07:13

Em 2012 já havia 30 milhões de contas cujos utilizadores já tinham morrido

Um estudo publicado pela Universidade de Oxford indica que o número de contas de Facebook, nos próximos 50 anos, de pessoas já falecidas poderá ultrapassar os de utilizadores vivos.

Sabendo que em 2012 – apenas oito anos depois de ser lançado – já havia 30 milhões de contas nesta rede social de pessoas que já tinham morrido, os investigadores acreditam que, até ao final do século, poderá haver cerca de 4,9 mil milhões de contas cujos utilizadores já morreram.

De salientar que esta rede social já tem ferramentas que podem ser usadas quando um utilizador morre. Nestas circunstâncias, um familiar pode transformar a conta num memorial, com o objetivo de as pessoas poderem prestar as suas condolências.

O Facebook tem também formas de impedir que o algoritmo faça reaparecer as contas nos ‘feeds’, de forma a não transtornar familiares e amigos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×