5/4/20
 
 
Enfermeiros aguardam início da sindicância

Enfermeiros aguardam início da sindicância

Jornal i 29/04/2019 11:00

Os profissionais juntaram-se esta segunda-feira na Ordem dos Enfermeiros em protesto

Dezenas de enfermeiros estão esta segunda-feira concentrados à porta da Ordem dos Enfermeiros, em Lisboa, a aguardar a chegada dos inspetores que realizarão a sindicância pedida por Marta Temido, ministra da Saúde. 

Ainda com sons do 25 de Abril, os profissionais de saúde cantam "Grândola Vila Morena" e formam um cordão humano em protesto contra a medida apicada pelo Governo. Ao lado dos enfermeiros está também Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem. 

Esta segunda-feira, a Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) vai dar início a uma sindicância à Ordem dos Enfermeiros, que mais não é do que uma averiguação geral ao funcionamento da unidade que defende os enfermeiros. 

De acordo com a tutela, a sindicância surge na sequência das "intervenções públicas e declarações dos dirigentes", referiu na semana passada Marta Temido. 

O comunicado da ministra da Saúde não deixava dúvidas e referia que o objetivo da averiguação por parte da IGAS é também "indagar indícios de eventuais ilegalidades resultantes (...) das atividades realizadas pela Ordem e correspetivas prioridades de atuação, e eventuais omissões de atuação delas decorrentes, em detrimento da efetiva prossecução dos fins e atribuições que lhe estão cometidas por lei". 

Ao i, Ana Rita Cavaco disse na semana passada que esta medida é "coisa de Estado Novo" e adiantou que vão interpelar o Presidente da República para que tome posição num diferendo que dura há vários meses. Aliás, a Ordem já enviou, também na semana passada, um ofício a Belém contra a ministra da Saúde. 

 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×