23/9/19
 
 
Advogado de José Sócrates condenado a multa e indemnização a jornalista do Correio da Manhã

Advogado de José Sócrates condenado a multa e indemnização a jornalista do Correio da Manhã

Mafalda Gomes Jornal i 26/04/2019 21:53

Foi em março de 2015 que a jornalista apresentou uma queixa-crime e outra à ordem dos advogados contra João Araújo

João Araújo, advogado de José Sócrates, foi condenado ao pagamento de multa e de indemnização à jornalista Tânia Laranjo, do Correio da Manhã e da CMTV. Em causa estão os crimes de difamação agravada e injúria agravada.

Segundo a notícia avançada pela agência Lusa, que cita a decisão, proferida esta quarta-feira, pelo Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, o advogado do antigo primeiro-ministro foi condenado a 130 dias de multa pelo crime de difamação agravada e a 140 dias pelo ilícito de injúria agravada, tendo, em cúmulo jurídico, sido condenado a uma pena de 230 dias de multa à taxa diária de 20 euros, perfazendo 4.600 euros.

Foi em março de 2015 que a jornalista apresentou uma queixa-crime e outra à ordem dos advogados contra João Araújo.
“A senhora devia tomar mais banho. Cheira mal!”, disse João Araújo a Tânia Laranjo, quando foi interpelado pela jornalista no final da apreciação do pedido de 'habeas corpus' pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), a 16 de março de 2015.

De acordo com a agência Lusa, a decisão julga "parcialmente procedente" o pedido de indemnização cível feito por Tânia Laranjo e condena João Araújo a pagar à queixosa oito mil euros, acrescida de juros, calculados à taxa legal.

O advogado terá ainda de pagar as custas judiciais.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×