24/5/19
 
 
Premier League. Bernardo desbloqueou dérbi e pôs City na frente (com vídeo)

Premier League. Bernardo desbloqueou dérbi e pôs City na frente (com vídeo)

Bruno Venâncio 25/04/2019 13:56

O internacional português voltou a receber rasgados elogios de Pep Guardiola e esta quinta-feira foi eleito para o Onze do Ano da competição

Mais uma noite de sonho para Bernardo Silva. O internacional português roubou a cena no dérbi desta quarta-feira em Old Trafford e contribuiu decisivamente para a ascensão definitiva do Manchester City ao topo da Premier League: os citizens venceram no terreno do Manchester United por 2-0, com o atacante formado no Benfica a abrir o marcador, e passaram para a frente do campeonato, tendo agora - com o calendário finalmente acertado - mais um ponto que o Liverpool.

O City de Pep Guardiola não foi tão dominador como é hábito, mas acabou por criar as melhores ocasiões. No primeiro tempo, De Gea negou golos a Bernardo (22') e Sterling (41'), com Ederson a aplicar-se apenas numa saída arrojada aos pés de Rashford. Aos 51', os citizens ficariam sem Fernandinho, que se lesionou, o que até poderá ter contribuído... para a vitória: Guardiola lançou Sané no jogo, fazendo recuar Gundogan para médio mais defensivo e desviando Bernardo para zonas mais interiores, e a aposta resultou em pleno.

Passados apenas três minutos, Gundogan colocou a bola em Bernardo Silva; o português entrou na área do United, encarou Luke Shaw e disparou ao primeiro poste, batendo De Gea. Lingard viria a falhar um golo cantado minutos depois, no que foi a mais clara ocasião do United, até Sané sentenciar a partida aos 66', a passe de Sterling. Um golo que fez do City a equipa inglesa mais concretizadora de sempre: são já 157 golos em todas as competições - e ainda faltam quatro jogos aos citizens (três na Premier League e a final da Taça, frente ao Watford). Refira-se, ainda, que o anterior recorde (156) também era pertença dos azuis de Manchester, tendo sido alcançado em 2013/14, então com o chileno Manuel Pellegrini ao leme.

 

 

No fim do encontro, mais uma chuva de elogios a Bernardo Silva por parte de Pep Guardiola. "O Bernardo está a fazer uma temporada incrível, incrível. Na segunda parte, jogou como médio defensivo. O Bernardo, como médio defensivo! Não importa, ele lutou com o Paul Pogba e esteve em todo o lado. Não foi só hoje, não foi só pelo golo. Toda a época dele tem sido uma 'masterclass', cada jogo é uma obra-prima. É incrível. Pode jogar na direita ou na esquerda. Pode jogar a médio defensivo, a médio ofensivo... é tão inteligente, com ética de trabalho e um lutador. É um dos melhores jogadores da Europa", frisou o técnico espanhol, completando: "Ele acabou bem a temporada passada, mas esta época tem sido incrível. Falei com o Leroy e com os outros e disse-lhes que não posso jogar sem o Bernardo com estas exibições".

Esta quinta-feira, Bernardo Silva, que soma 47 jogos e 13 golos esta temporada, foi ainda eleito para a equipa do ano da Premier League, em votação levada a cabo pela Associação de Futebolistas Profissionais (PFA). Além do internacional português, outros cinco jogadores do City fazem parte do onze ideal: Ederson, Laporte, Fernandinho, Sterling e Aguero. O Liverpool, que segue na luta titânica com os citizens pelo título, coloca quatro jogadores: Alexander-Arnold, Van Dijk, Robertson e Sadio Mané. O único jogador que não pertence a nenhuma destas duas equipas é Pogba, o médio francês do Manchester United.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×