17/8/19
 
 
Vítor Rainho 23/04/2019
Vítor Rainho

vitor.rainho@newsplex.pt

Quarteira aprovou o aumento da poluição

Há perto de um mês li uma notícia que dava conta da insatisfação da população de Quarteira com as alterações na principal artéria da cidade. Basicamente, os populares estavam contra a instalação de um corredor verde para os amantes das bicicletas que encurtava bastante o espaço para os automóveis. Não creio que haja muita gente que se manifeste contra menos poluição e que rejeite uma vida mais saudável, atendendo a que os carros poluem muito mais do que as famosas bicicletas. Mas o que ali foi feito - e já agora, nas terriolas mais próximas - é um disparate total que só algum fundamentalismo pode justificar. Mesmo não sendo um especialista, já li o suficiente para saber que os carros poluem muito mais no pára-arranca do que em andamento.

O que ali foi feito, numa terra que tem do melhor peixe e marisco do país, é incompreensível e os meses de veraneio vão ser um inferno para os locais e para os turistas. As duas faixas existentes para cada lado, na maior parte do percurso, foram reduzidas a uma, já que a outra é para estacionamento, havendo depois a tal ciclovia. Não será muito difícil de imaginar enormes congestionamentos de trânsito, com pessoas a quererem estacionar e as outras a aguardar que o automobilista não seja um inábil que leva uma eternidade a fazer marcha-atrás para deixar o carro no sítio certo.

Com esta alteração, os responsáveis de tal medida deram dois tiros para o ar que muita poluição vão causar, além de chatices infindáveis a todos aqueles que tiverem de passar pelo local. Com um passeio à beira mar convidativo porque não tentaram aproveitar melhor esse espaço? A decisão é semelhante a outras que são tomadas em Portugal sem se estudarem devidamente os efeitos contrários ao pretendido. Quem não se lembra da redução da velocidade da ponte 25 de Abril para 50 km hora e que foi rapidamente alterada para os 80, já que a diminuição da velocidade só criava mais engarrafamentos, logo mais poluição? Seguramente evitarei a simpática cidade nos meses de maior afluência.
 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×