19/9/19
 
 
O regresso de Lena d’Água aos discos, 30 anos depois

O regresso de Lena d’Água aos discos, 30 anos depois

Jornal i 11/04/2019 21:33

 “Tu Aqui”, de 1989, era até aqui o último disco de originais de Lena d’Água.

Não é de hoje aquilo a que se tem chamado o “regresso” de Lena d’Água que, depois de mais de duas décadas afastada dos holofotes, nos últimos anos foi voltando, aos poucos, aos palcos. Mas esta quinta-feira foi divulgado o vídeo de “Grande Festa”, uma nova música original, com o anúncio de que integrará um novo disco de originais, “Desalmadamente”, a ser lançado a 10 de maio.

“Tu Aqui” foi o seu último álbum de originais, editado em 1989. Depois disso, Lena d’Água tinha gravado apenas mais um – “Ou Isto Ou Aquilo”, banda sonora de uma peça de teatro com o mesmo nome – em 1992.

As letras de “Desalmadamente” são da autoria de Pedro da Silva Martins, dos Deolinda, e os arranjos de João Correia, António Vasconcelos Dias, Sérgio Nascimento, Mariana Ricardo, Francisca Cortesão e Benjamim. A produção do disco ficou a cargo dos quatro últimos.

Em 2017, com "Eu nunca me fui embora", da autoria de Pedro da Silva Martins, Lena d’Água foi uma das intérpretes que concorreram ao Festival da Canção. E nestes últimos anos tem atuado várias vezes em concertos com músicos de uma nova geração, além de ter interpretado “Eletrificados”, o tema do genérico de abertura da série “1986”, de Nuno Markl, estreada no ano passado na RTP.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×