19/1/20
 
 
Brasil. Neto de Lula da Silva não morreu de meningite

Brasil. Neto de Lula da Silva não morreu de meningite

DR Jornal i 02/04/2019 18:21

Novos exames descartam que meningite menigogócita tenha sido a causa de morte da criança

Arthur Araújo Lula da Silva, neto de Lula da Silva, morreu no passado mês de março com apenas sete anos. Agora, de acordo com a Prefeitura de Santo André, a criança não morreu de meningite menigogócica como havia informado o Hospital Bartira, em Santo André.

Segundo um comunicado da Secretaria de Saúde do município, citado pela revista brasileira ‘Exame’, os exames realizados a Arthur descartaram a presença de meningite, sendo que ainda não foi revelada a verdadeira causa de morte da criança.

A mesma revista escreve ainda que até ao momento o hospital onde o neto do antigo Presidente do Brasil morreu não se pronunciou sobre o assunto.

Esta segunda-feira, o deputado federal Alexandre Padilha, que percebeu as dúvidas da família em relação ao diagnóstico feito pelo hospital e pediu uma série de novos exames, utilizou a rede social Twitter para pedir esclarecimentos àquela unidade hospitalar.

“[Espero que o hospital] esclareça quais procedimentos de apuração já realizou para o vazamento de diagnóstico que se revelou antiético para com a família e irresponsável com a saúde pública da região”, escreveu.

No último sábado, o deputado já havia feito declarações à Revista Fórum a informar que a criança não havia morrido de meningite, mas que não revelaria o motivo por respeito à família.

“O Arthur não morreu de meningite meningocócica. Não posso dizer do que ele morreu, porque a divulgação disso é uma decisão da família. Mas posso afirmar do que não foi. O agente etiológico não é o meningococo”, explicou.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×