17/6/19
 
 
Moçambique. Donativos vão ser para construir maternidade, assegura Cruz Vermelha

Moçambique. Donativos vão ser para construir maternidade, assegura Cruz Vermelha

Jornal i 02/04/2019 11:55

Garantia foi dada por Francisco George

As verbas doadas à Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) com destino a Moçambique vão ser aplicadas na construção de uma maternidade. A garantia foi dada pelo presidente da entidade: "Posso confirmar que as verbas que os portugueses têm doado vão ser utilizadas para reconstruir a maternidade local" da Beira, disse Francisco George esta terça-feira de manhã, na base militar de Figo Maduro, em Lisboa.

À chegada a Portugal dos elementos da força Operacional Conjunta que esteve em Moçambique a responder à tragédia provocada pelo ciclone Idai, Francisco George afirmou ainda que está de momento montada uma materidade de campanha instalada pela Cruz Vermelha Portuguesa com o apoio da Jerónimo Martins. "A equipa da CVP já ajudou a nascer três crianças. Vão nascer muitas mais, muitas mesmo. Sabemos que nas próximas semanas e meses teremos 45 mil partos”, previu.

O processo de reconstrução da maternidade, garantiu, já foi iniciado e "não houve perda de tempo". Apesar de totalizarem já 1,6 milhões de euros, os donativos "não chegam. Está além do esperado, mas aquém das necessidades", referiu o presidente da Cruz Vermelha Portuguesa.

As equipas da Cruz Vermelha na Beira, além de ajudarem nos partos, vão ter também um papel formativo, formando médicos e enfermeiros locais com “conhecimentos e boas práticas que ficarão para sempre”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×